Mercado fechará em 2 h 16 min
  • BOVESPA

    122.956,95
    +441,21 (+0,36%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.255,76
    +386,28 (+0,76%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,49
    -0,77 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.814,10
    -8,10 (-0,44%)
     
  • BTC-USD

    38.189,67
    -1.626,23 (-4,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    931,33
    -12,11 (-1,28%)
     
  • S&P500

    4.412,83
    +25,67 (+0,59%)
     
  • DOW JONES

    35.045,40
    +207,24 (+0,59%)
     
  • FTSE

    7.105,72
    +24,00 (+0,34%)
     
  • HANG SENG

    26.194,82
    -40,98 (-0,16%)
     
  • NIKKEI

    27.641,83
    -139,19 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    15.024,75
    +72,00 (+0,48%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1911
    +0,0470 (+0,76%)
     

Finlandeses transformam casas de férias em escritórios

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Conhecidos por serem um tanto reclusos mesmo em tempos normais, os finlandeses realmente dominaram a arte de ficar longe de outras pessoas durante a pandemia.

O país nórdico tem a maior proporção de trabalhadores que fazem home office na Europa, e um número cada vez maior não está apenas trabalhando em casa - eles estão trabalhando em suas casas de férias.

Quase metade dos finlandeses que trabalharam remotamente durante a crise da Covid o fizeram em suas cabanas, muitas vezes aninhadas em bosques à beira de lagos, com poucos vizinhos por perto, de acordo com uma pesquisa publicada nesta sexta-feira. Cinco anos atrás, apenas 7% trabalhavam de suas casas.

E aqueles que não têm os seus próprios esconderijos perceberam isso, o que estimulou as vendas de propriedades secundárias. O número de casas à beira-mar vendidas nos primeiros quatro meses do ano aumentou 47% em relação ao mesmo período do ano anterior, e o preço médio pago subiu um quinto, de acordo com o National Land Survey, que compila dados sobre transações imobiliárias.

Segundo a fabricante de equipamentos de rede de telecomunicações Nokia Oyj, o país que possui uma área terrestre do tamanho da Alemanha tem extensas redes móveis, permitindo o trabalho remoto até mesmo em alguns dos cantos mais distantes do terceiro país menos populoso da Europa. No final do ano passado, todos os lares finlandeses tinham acesso a uma conexão de banda larga de quarta geração com velocidades rápidas o suficiente para transmitir vídeos.

Usar casas de férias para trabalhar não parece ser uma moda passageira. Segundo a pesquisa, dois terços dos trabalhadores rurais disseram que estariam inclinados a trabalhar ainda mais nesses locais, e o outro quarto disse que consideraria fazer isso. Quase metade dos finlandeses tem acesso regular a uma propriedade de lazer, de acordo com o relatório.

O Finnish Free-Time Residence Barometer da Finlândia coletou 1.275 respostas em março e abril de 2021. Foi encomendado pelo Island Committee, um grupo consultivo do governo sob o Ministério da Economia.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos