Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    60.832,48
    -1.968,41 (-3,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Finlândia vacinará visons contra a covid-19

·1 minuto de leitura
Placa faz alerta a dinamarqueses: 'Não passe - risco de infecção por covid-19' na entrada de uma fazenda de visons em Hjorring, Dinamarca, em 8 de outubro de 2020 (AFP/Mads Claus Rasmussen)

Uma vacina contra a covid-19 especial para visons foi autorizada, nesta quinta-feira (30), para uso temporário na Finlândia, que se tornará o primeiro país da União Europeia a vacinar animais contra o coronavírus, informou a indústria de peles no país.

A Autoridade Alimentar finlandesa, que supervisiona as atividades veterinárias, autorizou o uso da vacina experimental em visons, que são criados por conta de sua pele e são especialmente expostos a contrair o coronavírus.

"Já preparei cerca de meio milhão de doses, que devem ser suficientes para vacinar todos os animais duas vezes", disse à AFP Jussi Peura, diretor de pesquisa da Associação Finlandesa de Criadores de Peles (FIFUR), que desenvolveu a vacina junto a pesquisadores da Universidade de Helsinki.

Na Finlândia, há cerca de mil fazendas voltadas para peles.

Até agora, nenhum caso de covid-19 foi detectado entre os visons da Finlândia, onde as taxas de transmissão entre humanos são as mais baixas da UE.

O vison é o único animal identificado até agora como capaz de transmitir o coronavírus aos humanos.

A Dinamarca, até agora o maior exportador de peles de vison da Europa, viu sua indústria de peles ficar devastada depois que uma cepa mutada do vírus se propagou pelas fazendas desses animais em novembro do ano passado, o que levou o governo a ordenar o sacrifício dos cerca de 15 milhões de visons do país.

sgk/jll/pc/es/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos