Mercado fechará em 3 h 52 min

Empréstimo a elétricas por pandemia deve ser liberado até fim de julho, diz CCEE

Por Luciano Costa

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) - Um financiamento estruturado pelo governo para distribuidoras de energia devido a impactos da pandemia de coronavírus sobre o setor deve ser desembolsado pelos bancos envolvidos na operação até o fim de julho, estimou nesta quarta-feira uma representante da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

O empréstimo, que envolverá até 16,1 bilhões de reais e será quitado em cinco anos, com repasse dos custos às tarifas, teve condições e valor-teto aprovados na terça-feira pela diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O pool de bancos que viabilizará a operação deve ser fechado até 30 de junho, quando também serão divulgadas as taxas da transação, projetou a conselheira da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) Roseane Santos, ao participar de transmissão ao vivo da Fundação Getulio Vargas.

A CCEE será a tomadora dos financiamentos para evitar impactos sobre o endividamento das elétricas.

A assinatura dos contratos está prevista para 17 de julho, sendo que o repasse dos valores às distribuidoras deverá acontecer em até 10 dias depois disso, acrescentou a conselheira.

O grupo de instituições financeiras que fornecerá os recursos está sendo montado sob liderança do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que também participará da transação, disse o presidente do banco estatal, Gustavo Montezano.

Segundo ele, há no momento "mais de 10" instituições em conversas para participar do empréstimo. Ele não citou nomes.

"Já temos propostas indicativas acima do valor da operação. Possivelmente, a demanda dos bancos pela operação vai superar em algum valor esse montante de 16,1 bilhões, o que é uma notícia positiva", afirmou ele, também durante a transmissão da FGV.

Montezano disse esperar que todos detalhes do financiamento, incluindo valores por banco e taxas, possam ser divulgados até quarta-feira da próxima semana.