Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.541,95
    -1.079,62 (-1,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.524,45
    -537,16 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    106,47
    +0,71 (+0,67%)
     
  • OURO

    1.805,60
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    20.395,01
    +340,82 (+1,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    436,75
    +5,28 (+1,22%)
     
  • S&P500

    3.785,38
    -33,45 (-0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.775,43
    -253,88 (-0,82%)
     
  • FTSE

    7.169,28
    -143,04 (-1,96%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.357,95
    -35,09 (-0,13%)
     
  • NASDAQ

    11.536,00
    +6,50 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5027
    -0,0029 (-0,05%)
     

Final Fantasy VII: The First Soldier | Tudo sobre a 3ª temporada

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A terceira temporada de Final Fantasy VII: The First Soldier chega com várias novidades para os jogadores. A nova atualização já está disponível de graça para o battle royale que é baseado no sétimo game da franquia.

A convite da Square Enix, o Canaltech teve a oportunidade de testar as novidades do jogo mobile, como a nova classe, armas e acessórios inéditos e outras adições da 3ª temporada de The First Soldier. O jogo é gratuito para jogar e está disponível para dispositivos com sistemas Android e iOS.

Novidades de The First Soldier

A primeira e talvez principal novidade é o novo Style (classe) chamado Machinist. Caso você não seja familiarizado com a franquia Final Fantasy, os personagens podem mudar o seu estilo de luta antes de entrar na partida. Ninja, Warrior, Sorcerer, Monk, Ranger e Dragoon são os outros estilos que estão presentes no jogo e também são recorrentes na saga da Square-Enix.

Cada estilo de combate possui uma arma característica, e no caso do Machinist, o jogador empunhará um Martelo, recebendo a habilidade para construir vários acessórios que prejudicam os inimigos e melhorar a mobilidade do usuário, além de possuir um nível de customização bem maior do que as outras classes disponíveis no jogo. Outra novidade é que Midgar, cidade de Final Fantasy VII, chega como um novo mapa nessa temporada.

O Machinist tem bastante coisa para explorar no jogo. (Imagem: Reprodução/Square Enix)
O Machinist tem bastante coisa para explorar no jogo. (Imagem: Reprodução/Square Enix)

Assim como em Final Fantasy VII, em The First Soldier os jogadores utilizam Materia, item que dá habilidades mágicas aos personagens. Water é a nova opção de Materia e lança orbes de água na direção dos inimigos, sendo bem efetiva para pegar aqueles que estão atrás de proteções. O item só pode ser obtido por meio de baús no mapa.

Duas novas armas também chegam ao jogo: Serpent Launcher, que solta foguetes que explodem ao impacto e causam muito dano; e Dual Wheeler, um rifle de assalto mágico que, quando está carregado de MP, atira como se fosse uma escopeta. Novos acessórios de ataque e defesa também foram adicionados ao jogo, confira abaixo:

  • Ifrit Belt: matar um inimigo faz com que sua arma seja carregada instantaneamente e aumenta o dano que você causa com escopetas e submetralhadoras.

  • Drain Belt: recupera uma quantidade pequena de vida toda vez que você causar dano com metralhadoras leves.

  • Fire Ring: diminui o dano causado pelo fogo na metade.

  • Blizzard Ring: diminui o dano de gelo pela metade e anula a lentidão.

  • Thunder Ring: reduz o dano elétrico e anula a cegueira.

Vale a pena jogar Final Fantasy VII: The First Soldier agora?

First Soldier tenta, mas fica parecendo uma versão "bootleg" de Final Fantasy. (Imagem: Reprodução/Square Enix)
First Soldier tenta, mas fica parecendo uma versão "bootleg" de Final Fantasy. (Imagem: Reprodução/Square Enix)

Os sentimentos são mistos. Enquanto tenta ser um battle royale competente, o jogo também se esforça para manter toda a originalidade de Final Fantasy. A impressão que dá é que a Square Enix achou que usar elementos clássicos da marca seria o suficiente para cativar os jogadores de um gênero que já está servido de bons nomes, convenhamos.

Se você quiser se aventurar por The First Soldier nesta 3ª temporada, saiba que o game funciona muito mais como um "modo arcade" misturado com battle royale. Não existem tantas estratégias como em jogos convencionais do gênero e ele chega a ser um pouco mais espalhafatoso do que Fortnite, por exemplo.

Na ideia de transportar todo o estilo de um RPG de ação e estratégia para um estilo de jogabilidade que não tem muita conexão com a proposta, a experiência acaba se tornando caricata demais. Os visuais inspirados em Final Fantasy VII Remake e até mesmo nas versões poligonais de Cloud, Aerith e companhia, são até divertidos.

No fim, o game tenta fazer tudo ao mesmo tempo e não consegue entregar excelência em nenhuma das vertentes exploradas. The First Soldier vale a pena se você for realmente muito fã de Final Fantasy. Entretanto, vale lembrar que existem games bem melhores nesta saga para você gastar o seu precioso tempo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos