Mercado fechará em 2 mins
  • BOVESPA

    108.562,13
    +1.556,91 (+1,45%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.398,36
    +108,45 (+0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,70
    +0,49 (+0,44%)
     
  • OURO

    1.842,70
    +1,50 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    29.304,97
    -685,86 (-2,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    652,76
    -20,62 (-3,06%)
     
  • S&P500

    3.901,26
    +0,47 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.257,99
    +4,86 (+0,02%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.776,50
    -101,75 (-0,86%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1402
    -0,0786 (-1,51%)
     

Fim do lockdown de Xangai é incerto com propagação crescente

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Bloomberg) -- O fim do rigoroso lockdown de cinco semanas em Xangai continua incerto por conta do surgimento persistente de contágio na comunidade, apesar da estratégia linha-dura da China de isolar todos os casos positivos e seus contatos próximos.

Embora o total de casos no centro financeiro tenha caído – 4.982 infecções foram relatadas na terça-feira, ante 5.669 na segunda-feira – a transmissão comunitária persiste. Após atingir zero no final da semana passada, o número de casos diários de propagação em novos grupos voltou para mais de 50 este mês.

As autoridades de Xangai indicaram que o bloqueio só será suspenso quando a transmissão comunitária chegar a zero – o mesmo caminho seguido na província de Jilin, no nordeste do país, onde o bloqueio começou gradualmente a diminuir quando não houve mais transmissão comunitária.

Mas é incerto quando isso pode acontecer, e o número persistente de casos indica que a variante ômicron pode ser capaz de superar as duras restrições de movimento.

As autoridades de saúde não deram detalhes sobre a transmissão comunitária. Apenas disseram que as infecções foram encontradas por meio de testes em pessoas de alto risco.

“Não sei onde ainda estão encontrando esses casos. A tendência geral do surto parece boa, mas é difícil para pessoas de fora ter uma compreensão precisa da situação”, disse Jin Dongyan, professor de medicina da Universidade de Hong Kong. Hong Kong e muitos outros lugares no mundo demonstraram que as infecções diminuem naturalmente sem uma intervenção drástica como um lockdown, disse.

“É como usar caças para matar mosquitos”, disse ele.

Cerca de 2,54 milhões de pessoas em Xangai, de um total de cerca de 25 milhões, ainda estavam sob a forma mais restrita de confinamento em 2 de maio, segundo autoridades. A cidade continuará a fazer testes em massa até 7 de maio.

Enquanto o bloqueio se arrasta para alguns moradores, muitas empresas já voltam a funcionar com o chamado gerenciamento de circuito fechado, onde funcionários trabalham e vivem no local e passam por testes regulares. O governo de Xangai divulgou uma lista de 24 projetos de construção autorizados a retomar o trabalho, incluindo projetos da Tencent e Alibaba.

Em Pequim, que toma medidas extremas para evitar o impacto social e econômico visto em Xangai, os casos caíram de 62 na segunda-feira para 51 na terça.

Autoridades de Pequim pediram a moradores que não saiam da cidade desnecessariamente, e só vão autorizar pessoas com código de saúde verde e teste negativo. As escolas suspenderão as aulas presenciais entre 5 e 11 de maio, com os distritos prontos para organizar o aprendizado online.

Residentes em áreas consideradas de médio ou alto risco, aqueles que vivem em áreas controladas e pessoas em cidades ou vilarejos com uma ou mais infecções não podem sair da cidade, disseram autoridades.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos