Mercado fechará em 21 mins
  • BOVESPA

    119.879,57
    -1.362,06 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.579,78
    -878,24 (-1,89%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,92
    +0,56 (+1,07%)
     
  • OURO

    1.840,20
    +10,30 (+0,56%)
     
  • BTC-USD

    36.972,92
    +531,19 (+1,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    731,80
    +16,61 (+2,32%)
     
  • S&P500

    3.802,09
    +33,84 (+0,90%)
     
  • DOW JONES

    30.982,27
    +168,01 (+0,55%)
     
  • FTSE

    6.712,95
    -7,70 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    29.642,28
    +779,51 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    28.633,46
    +391,25 (+1,39%)
     
  • NASDAQ

    12.968,25
    +166,00 (+1,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4830
    +0,0877 (+1,37%)
     

Filha de ex-prefeito causa polêmica ao postar vídeo com frasco da CoronaVac

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Filha de ex-prefeito de Ponta Grossa postou vídeo com frasco da Coronavac (Reprodução)
Filha de ex-prefeito de Ponta Grossa postou vídeo com frasco da Coronavac (Reprodução)

A filha de Marcelo Rangel (PSDB), ex-prefeito de Ponta Grossa (PR), causou polêmica nas redes sociais ao postar um vídeo em que mostrava um frasco com o logo do Insituto Butantan, afirmando ser a “vacina do covid”.

Em uma postagem no TikTok, Juliana Rangel mostra o frasco ao participar dos desafios mais populares na rede, usando uma gravação que fala “mostra alguma coisa que você tem em casa que provavelmente mais ninguém tenha e que você acha muito legal”.

Leia também

Marcelo Rangel se pronunciou nas redes sociais, compartilhando um print da postagem de Juliana e afirmando que o vídeo é autêntico e que seria uma forma de publicidade para a vacina, diante dos inúmeros questionamentos.

De acordo com o ex-prefeito, o frasco com uma amostra da CoronaVac foi distribuído pelo Butantan a prefeitos durante uma reunião em dezembro e que existe autorização para uso para fins publicitários.

Após a visita, a Prefeitura de Ponta Grossa chegou a um acordo com o Butantan para a compra de 16 mil doses para iniciar a vacinação em janeiro de 2021. Rangel ainda disse que a prefeitura tinha orçamento emergencial previsto para a compra de até 100 mil doses.

Em nota, a Prefeitura de Ponta Grossa afirmou que entregou o frasco a Rangel após um pedido do próprio e que não faz divulgação de vacinas porque a função seria competência dos governos estadual e federal.