Mercado fechará em 4 h 48 min
  • BOVESPA

    109.501,66
    -2.038,14 (-1,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.000,24
    +318,05 (+0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,73
    +0,98 (+1,64%)
     
  • OURO

    1.711,30
    -22,30 (-1,29%)
     
  • BTC-USD

    51.062,17
    +1.997,46 (+4,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.020,50
    +32,40 (+3,28%)
     
  • S&P500

    3.844,25
    -26,04 (-0,67%)
     
  • DOW JONES

    31.361,66
    -29,86 (-0,10%)
     
  • FTSE

    6.636,90
    +23,15 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    12.900,75
    -154,50 (-1,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9264
    +0,0643 (+0,94%)
     

Figueiredo: Curva superestima Selic diante de dúvida com BC

Patricia Lara
·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Curva de juros precifica uma alta robusta e superestimada da Selic, diz o ex-diretor do BC Luiz Fernando Figueiredo, CEO e sócio fundador da Mauá Capital, em entrevista por telefone. Para ele, os comentários feitos ontem pelo presidente do BC, Roberto Campos Neto, mostram que o ciclo de ajuste da taxa nominal pode não começar em março, mas sim no encontro seguinte do Copom.

“Roberto Campos Neto sinalizou que tem um grau de dúvida relevante e BC está ‘data dependent’”Dados de inflação ao consumidor vieram muito benignosA despeito do IBC-Br acima do esperado, o varejo foi muito fraco em dezembro e o crescimento neste início de primeiro trimestre parece ter desacelerado, diz Figueiredo“Se não houver ajuste na Selic, Copom vai sinalizar bem para encontro seguinte”Para Figueiredo, o câmbio tem “bastante prêmio de risco fiscal”Expectativa é que dólar caia dada a nova configuração das lideranças do Congresso, com ambiente favorável para aprovações, apesar de controvérsias sobre alguns temas“Vai haver uma agenda mínima de reformas. Auxílio de R$ 250 com custo de R$ 20, 30 bilhões é palatável”Para Figueiredo, da autonomia do BC é “espetacular”, ainda que ficado em segundo planoNOTA de 11/fev: Campos Neto: Efeito do fim do auxílio foi maior que esperado

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.