Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.078,34
    -4.553,23 (-8,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Ficção Científica? Robô que anda e voa é desenvolvido por cientistas

·1 min de leitura
O robô consegue andar de skate e em cima de um slackline. Foto: Reprodução da internet.
O robô consegue andar de skate e em cima de um slackline. Foto: Reprodução da internet.
  • O robô bípede voa e anda, conseguindo realizar manobras consideradas complicadas;

  • Dotado de 2,58 kg e 75 cm de altura, o projeto tem três subsistemas principais;

  • Leonardo, como é chamado, tem uma velocidade nominal de caminhada de 20 cm/s.

Nas últimas semanas, a prisão de uma robô-artista no Egito gerou curiosidade pelo mundo. Também recentemente, no Brasil, um menino de apenas 14 anos criou um robô que dança e ajuda a entregar remédios para jovens e adultos. O que parecia ser cena de filme de ficção científica está cada vez mais se aproximando da realidade.

Agora, é o projeto de uma plataforma robótica de locomoção multimodal, denominada Leonardo, que está chamando a atenção do mundo. Contudo, o projeto, idealizado pelos cientistas Kyunam Kim, Patrick Spieler, Elena-Sorina Lupo, Alireza Ramezani e Soon-Jo Chung tem diferenciais.

Leia também:

“Leo” voa e anda com a ajuda de controle sincronizado de propulsores elétricos distribuídos e também um par de pernas multiarticulares. A criação do projeto alcançou uma capacidade extraordinária de locomoção multimodal, permitindo missões e operações que seriam difíceis para robôs monomodais.

Como efeito, a máquina consegue fazer manobras complicadas que exigem equilíbrio. Por exemplo, o robô consegue andar em cima de um slackline e andar de skate. Além disso, “Leo” tem movimentos ágeis de caminhada, permeados por manobras de voo como forma de evitar obstáculos.

Com o peso de 2,58 kg e 75 cm de altura ao caminha, o robô tem três subsistemas principais, ou seja, o torso, o sistema de propulsão da hélice e duas pernas com pés pontiagudos. Outro aspecto é que Leonardo consegue operar de forma autônoma, já que possui computadores de bordo e sensores.

A velocidade nominal de caminhada do robô é de 20 cm/s, podendo ser maior no solo, com o uso do voo intermitente próximo à superfície.

As informações são do Tecmundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos