Mercado fechado

Fiat Fiorino 2021 tem mudanças e preços a partir de R$ 68.290

br.info@motor1.com (Nicolas Tavares)
Fiat Fiorino 2021

Furgão trouxe novidades na lista de equipamentos, mantendo duas versões

Além de atualizar a picape Toro para a linha 2021, a Fiat-Chrysler inicia as vendas do Fiat Fiorino 2021, com preços entre R$ 68.290 e R$ 77.790. E o que mudou no furgão? Além do preço, muito pouco, pois ambas as versões receberam poucos equipamentos para justificar a mudança de linha. E, apesar dos rumores, nada do motor 1.3 Firefly fazer sua estreia no veículo comercial, que continua a ser vendido somente com o 1.4 Fire e câmbio manual.

O Fiat Fiorino é oferecido sempre em duas versões, chamadas 1.4 e Hard Working. Como mostra o nome da primeira configuração, o motor é o 1.4 Fire de 88 cv a 5.750 rpm e 12,5 kgfm a 3.500 rpm, combinado ao câmbio manual de 5 marchas. A diferença está na lista de equipamentos de cada versão.

A configuração 1.4 é bem básica e oferece itens muito simples, como relógio digital, ganchos para amarração da carga, tomada 12V, frisos laterais e pré-disposição para rádio (kit composto por 2 alto-falantes dianteiros, tweeters e antena). Passa a contar também com tapete para o vão de carga e alça de segurança para o passageiro. Custa R$ 68.290 e o único pacote opcional é o Kit Comfort, que custa R$ 2.500 e adiciona direção hidráulica e volante com ajuste de altura.

Mais notícias da Fiat

Já o Fiorino Hard Working, vendido por R$ 77.790, adiciona ar-condicionado, travas e vidros dianteiros elétricos com função one-touch, direção hidráulica, faróis de neblina, computador de bordo e volante com regulagem de altura. Na linha 2021, foram adicionados o banco com regulagem de altura e tecido exclusivo. Como os itens do Kit Comfort já fazem parte da lista de equipamentos padrão, esta versão não tem nenhum item opcional.

O Fiorino não continuará assim por muito tempo. A Fiat-Chrysler já confirmou que prepara uma renovação de toda a sua linha a partir do lançamento da picape Strada e o furgão não ficará de fora. Antonio Filosa, presidente da FCA Latam, confirmou ao Motor1.com que o modelo também será renovado até 2022, embora não tenha revelado se será uma nova geração ou uma reestilização mais profunda.

Fotos: divulgação