Mercado fechará em 6 h 42 min

Fiat encerra produção da Palio Weekend

FERNANDO PEDROSO
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 22.03.2013: Veículo Palio Weekend versão 2013. (Foto: Robson Ventura/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Sucessora da Elba, que veio depois da Panorama, a Palio Weekend deixou de ser fabricada pela Fiat após 23 anos de mercado. A montadora fez o anúncio oficial nesta segunda-feira (27). Com ela, se vai todo o segmento de peruas nacionais, que já foi marcado por modelos como Volkswagen Quantum e Parati, Ford Belina e Royale, Chevrolet Caravan e Marajó, entre outras.

A Palio Weekend foi lançada em 1997, época em que as peruas ainda tinham um bom mercado no Brasil. Com estilo esportivo, teve até uma versão Sport, o modelo logo fez sucesso. Em 1999, a versão Adventure popularizou o estilo aventureiro em carros de passeio sem, necessariamente, ter aptidões para o uso fora de estrada.

Teve, ao longo de sua vida, algumas mudanças de versões, motorizações e de estilo. Em 2012 passou pela mais profunda modificação, com novas laterais, lanternas e faróis mais finos e motores mais modernos. Foi nessa época que o Palio e o sedã Siena (adotando o nome Grand Siena) passaram a ter uma segunda geração.

A perua ficou na primeira e única. Com o mercado de SUVs se fortalecendo, as peruas foram caindo uma a uma. A Palio Weekend ainda teve tempo de ver sua última concorrente sair de linha, a Volkswagen SpaceFox. Nesta segunda, a última unidade do modelo foi produzido em Betim (MG) após 23 anos de produção, dando espaço agora para a segunda geração da picape Strada.