Mercado abrirá em 3 h 47 min

FGTS: Veja como consultar o saldo de R$ 1 mil

·4 min de leitura
Valor do FGTS fica depositado em uma conta na Caixa Econômica Federal
Valor do FGTS fica depositado em uma conta na Caixa Econômica Federal
  • Novo saque de R$ 1 mil do FGTS já pode ser consultado;

  • Saldo da conta é formado pelos depósitos mensais feitos pelo empregador;

  • Valor da conta pode ser consultado por meio do app, site ou telefone da Caixa.

Esta sexta-feira (8) começa com uma boa notícia: a consulta para o novo saque de até R$ 1 mil do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) já pode ser feita. Veja aqui como consultar e sacar o valor que está depositado na sua conta do FGTS.

No início de cada mês, os empregadores depositam em contas abertas na Caixa, em nome dos empregados, o valor correspondente a 8% do salário de cada funcionário - sem descontar no pagamento do trabalhador. O seu FGTS é constituído pelo total desses depósitos mensais e os valores pertencem aos empregados.

Enquanto ele não é retirado pelo trabalhador, o valor fica depositado em uma conta na Caixa Econômica Federal. O saldo da conta vinculada é formado pelos depósitos mensais feitos pelo empregador, acrescidos de atualização monetária e juros.

Segundo a Caixa, cerca de 40 milhões de trabalhadores com saldo em conta ativas ou inativas do FGTS vão poder sacar até R$ 1 mil. Mesmo que não tenham emprego formal ou carteira assinada atualmente, trabalhadores poderão receber o dinheiro desde que tenham qualquer saldo na conta.

Não estarão disponíveis para saque os valores que estiverem bloqueados na conta do FGTS, como garantia de operações de crédito de antecipação do Saque-Aniversário, por exemplo.

O saque extraordinário só vai começar de fato em 20 de abril e vai até 15 de junho (confira abaixo o calendário), mas o trabalhador já pode conferir o valor que vai poder sacar. Confira o passo a passo:

Como consultar o seu saldo do FGTS

​Quando há rescisão de contrato, cabe ao empregador comunicar o ocorrido à Caixa. Se a rescisão contratual se enquadrar em uma das hipóteses de saque previstas, em até 5 dias úteis o trabalhador poderá sacar seu FGTS.

Já para os casos de rescisão de contrato por acordo entre trabalhador e empregador, o trabalhador deverá comparecer a qualquer agência da Caixa a partir do 5º dia útil, contado da data de quitação da multa rescisória - Guia de Recolhimento Rescisório do FGTS – GRRF, realizada pelo empregador. Aí sim poderá realizar o saque.

Carta: Informando o endereço completo no site da Caixa, em uma agência ou pelo telefone 0800 726 01 01, o trabalhador vai receber uma correspondência com o extrato do FGTS a cada dois meses.

Via site: No site da Caixa Econômica Federal, é possível consultar as informações do FGTS, após fazer um cadastro e criar uma senha. Para isso, é preciso saber seu número NIS/PIS. Ele pode ser encontrado no Cartão do Cidadão, na Carteira de Trabalho ou no extrato impresso do FGTS. Veja o passo a passo:

  1. Informe o número do NIS/PIS e clique em "cadastrar senha";

  2. Leia o regulamento e clique em "aceito";

  3. Preencha seus dados pessoais;

  4. Crie uma senha de até oito dígitos;

  5. Após esse processo, faça o login para poder acessar as informações da sua conta.

Via aplicativo

Com a mesma senha criada acima é possível checar as informações no aplicativo do FGTS, disponível na App Store e no Google Play. Se preferir, o cadastro da senha também pode ser feito direto pelo aplicativo, seguindo esses passos:

  1. Na tela inicial do app, clique em "Primeiro Acesso";

  2. Leia o contrato e aperte "aceitar";

  3. Informe o número do NIS (o seu número PIS/PASEP) e aperte "Continuar";

  4. Preencha o formulário e aperte "Próximo";

  5. Crie a senha e clique em cadastrar.

Via SMS e email

Também pelo celular é possível receber mensalmente, via SMS, informações sobre o saldo disponível e os depósitos feitos na sua conta do FGTS. Outra possibilidade é receber as informações por email. Neste caso, a mensagem eletrônica com o extrato passa a ser enviada mensalmente e substitui o extrato em papel, enviado a cada dois meses pelo correio.

O cadastro desses serviços pode ser feito pelo site ou pelo aplicativo, depois de criada a senha pessoal. Além disso, é possível atualizar o endereço residencial para receber o extrato em papel.

Confira o calendário de saques

  • Nascidos em janeiro – 20 de abril

  • Nascidos em fevereiro – 30 de abril

  • Nascidos em março – 4 de maio

  • Nascidos em abril – 11 de maio

  • Nascidos em maio – 14 de maio

  • Nascidos em junho – 18 de maio

  • Nascidos em julho – 21 de maio

  • Nascidos em agosto – 25 de maio

  • Nascidos em setembro – 28 de maio

  • Nascidos em outubro – 1º de junho

  • Nascidos em novembro – 8 de junho

  • Nascidos em dezembro – 15 de junho