Mercado fechado

FGTS é liberado para 2,6 milhões do estado de São Paulo

CRISTIANE GERCINA
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 21.08.2019: Still FGTS calendário. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os trabalhadores nascidos nos meses de novembro e dezembro já podem fazer o saque imediato do dinheiro extra do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

A liberação começou nesta quarta-feira (18). Segundo a Caixa Econômica Federal, estão sendo disponibilizados R$ 3,34 bilhões para mais de 8,3 milhões de trabalhadores em todo o país.

No estado de São Paulo, dados da Caixa mostram que cerca de 2,6 milhões de trabalhadores serão beneficiados com R$ 1,16 bilhão.

É possível retirar até R$ 998 da conta, no caso do trabalhador que tinha, em 24 de julho deste ano, saldo de até R$ 998. Para profissionais com valores maiores, o limite de saque  dos valores é de R$ 500.

O prazo final para resgatar a grana é até 31 de março de 2020. Caso o saque não seja feito até lá, os valores retornam para a conta de FGTS do trabalhador.

Para facilitar o atendimento, desde ontem, 2.381 agências da Caixa funcionam em horário especial. O atendimento vai até sexta (20). Para as agências que abrem às 8h, o fechamento será feito duas horas depois.

No caso das que abrem às 9h, a agência fechará uma hora depois. Já as unidades que abrem 10h ou 11h começam a funcionar duas horas antes. A lista das agências com horário especial está no site fgts.caixa.gov.br.

Para quem nasceu nos meses de janeiro e tinha até R$ 998 na conta do FGTS em 24 de julho, a Caixa fará a liberação do valor complementar do saque imediato nesta sexta-feira (20). Esses trabalhadores já haviam tido direito de retirar R$ 500 da conta.

Segundo a Caixa, os novos valores contemplam mais de 10 milhões de profissionais e trarão incremento de aproximadamente R$ 2,6 bilhões em relação ao previsto inicialmente.