Mercado fechado

Ferrari Purosangue está difícil de desenvolver, diz executivo por trás do Cayenne

br.info@motor1.com (Nicolas Tavares)
·2 minuto de leitura
Ferrari Purosangue SUV rendering
Ferrari Purosangue SUV rendering

Criar o híbrido conversível SF90 Spider foi um desafio, mas criar o crossover gera "outra dimensão de complicações"

A Ferrari está numa encruzilhada. A eletrificação está cada vez mais presente na indústria, afetando quase todas as fabricantes, enquanto que os crossovers e SUVs continuam a dominar o mercado. A marca de Maranello já deu alguns passos com modelos híbridos como a LaFerrari e SF90 Stradale, mas ainda não apostou nos SUVs. Isso irá mudar em breve com o Purosangue, que está provando ser um desafio para a empresa.

Em entrevista recente à revista Top Gear, Michael Leiters, CTO da Ferrari, disse que o conversível SF90 Spider, apresentado na recentemente, foi difícil de criar, mas que a Purosangue "é uma outra dimensão de complicações." Isso significa que a empresa precisava de "uma certa cultura e procedimentos de testes." Leiters, que era chefe do programa de SUVs da Porsche, não especificou que mudanças foram essas, embora sua experiência com o Cayenne e o Macan deve ter sido importante para a Ferrari.

Detalhes sobre o Purosangue continuam envoltos em mistério. Os flagras vistos até agora mostram que o crossover está num estágio inicial de desenvolvimento, ainda usando a carroceria da GT4Lusso sobre a plataforma. A posição mais alta do modelo é um dos pontos que deixa claro que a Ferrari está testando algo diferente e ainda deve levar um tempo para vermos o produto final nas ruas. Na estratégia da marca revelada em 2018, o Purosangue aparecia com apresentação marcada somente para o final de 2022.

Mais sobre o 1º SUV da Ferrari:

A adição do Purosangue na linha da Ferrari fará com que a marca consiga enfrentar a Lamborghini com seu Urus. O SUV da Ferrari deve utilizar um motor turbo de seis ou oito cilindros combinado a alguns propulsores elétricos. Há uma chance da Ferrari usar o V12 também em uma versão topo de linha. A expectativa é que tenha mais de 800 cv de potência, compensando o peso extra de ter quatro portas e uma série de equipamentos.


Source: Top Gear