Feriado: veja os serviços que abrem e os que fecham em São Paulo

SÃO PAULO - Com a proximidade do feriado do Dia do Trabalho, muitos já arrumam as malas para viajar ou se preparam para descansar durante esse período. Em qualquer um dos casos, é preciso ficar atento ao funcionamento dos serviços, para não ficar sem um produto ou serviço essencial durante o feriado.

Bancos
Na quinta-feira (1º), de acordo com a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), as agências bancárias não abrirão. O funcionamento volta ao normal no dia seguinte.

Supermercados
De acordo com a Abras (Associação Brasileira de Supermercados), o funcionamento dos supermercados depende do acordo estabelecido entre as lojas e os sindicatos locais. Pela dúvida, o melhor é já garantir a dispensa completa. No caso dos shoppings, a abertura das lojas dependerá de cada estabelecimento.

Serviços públicos: as praças de atendimento das Subprefeituras fecham no dia 1º e o atendimento voltará na segunda-feira (5).

Saúde: Os hospitais, prontos-socorros e AMAs (assistências médicas ambulatoriais) 24 horas funcionam ininterruptamente. As AMAs Especialidades  e as UBS (Unidades Básicas de Saúde) fecham nos dias 1º e 2, reabrindo normalmente dia 5 de maio.

Assistência Social: os serviços de emergência, acolhida e albergues funcionam 24 horas na quinta-feira e sexta-feira, como é o caso dos Abrigos/Casas de Acolhida, da Cape (Central de Atendimento Permanente e de Emergência), dos Crecas (Centros de Referência da Criança e do Adolescente) e dos Centros de Acolhida. Estão suspensos no período os serviços da Loja Social, Cras (Centro de Referência de Assistência Social), Coordenadoria de Assistência Social e Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social).

Emprego: não haverá atendimento nos dias 1º e 2 de maio nas unidades móveis e fixas do CAT (Centro de Apoio ao Trabalho). O serviço volta a funcionar no dia 5.

Poupatempo: os postos fixos e móveis da cidade ficarão fechados no dia 1º, retornando na sexta-feira (2). O Disque Poupatempo (0800 772 36 33) segue o mesmo cronograma.

Procon-SP: os postos de atendimento pessoal (Poupatempo Sé, Itaquera e Santo Amaro) não funcionarão no dia 1º de maio, retornando o atendimento na sexta-feira (2). Já o atendimento telefônico (151) e eletrônico (3824-0446) - cadastro e pesquisa - e (3824-0717) - audiências e administrativo não funcionarão nos dias 1º e 2 de maio.

Abastecimento: no feriado, os mercados municipais atenderão nos seguintes horários: Central Leste, das 7h às 13h; Pirituba, das 7h às 14h; Ipiranga, Penha, Sapopemba, Tucuruvi, Vila Formosa e Teotônio Vilela, das 8h às 13h; Guaianases, das 8h30 às 13h. Não abrirão: Kinjo Yamato, Lapa, Paulistano (Central), Pinheiros, Santo Amaro e São Miguel.  Na sexta-feira, sábado e domingo, todos funcionarão nos horários habituais.

As feiras livres atenderão todos os dias, nos locais e horários habituais.

Os sacolões funcionarão nos seguintes horários: Brigadeiro e Butantã, das 7h às 13h; City Jaraguá, Jaraguá, João Moura, Piraporinha e Rio Pequeno 7h às 14h; Avanhandava, das 7h às 14h30; Freguesia do Ó e Estrada do Sabão, das 7h às 15h; Bela Vista e Cohab Adventista, das 8h às 14h; Cidade Tiradentes, das 8h às 15h; Lapa, das 8h às 16h. Não abrirão: Jaguaré, Santo Amaro  São Miguel. Na sexta-feira, sábado e domingo, todos funcionarão nos locais e horários habituais. As feiras livres funcionarão nos locais e horários habituais.

Detran: as unidades do Detran-SP não vão abrir no dia 1º de maio. O disque Detran-SP também segue o mesmo calendário que os postos do Poupatempo. Os serviços voltam a funcionar no dia 2.

Rodízio municipal: o rodízio municipal de veículos está suspenso na quinta-feira (1º) e sexta-feira (2), voltando ao normal na segunda-feira, dia 5.

Carregando...