Fenabrave revisa para baixo vendas de veículos leves

A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) revisou para baixo as projeções de vendas de automóveis e comerciais leves para 2012, de alta de 4,80% para avanço de 4,00%. A revisão decorre da piora na projeção para as vendas de automóveis, de +5,39% para +4,58%, e também para as vendas de comerciais leves, cuja perspectiva de alta passou de 2,80% para 2,01%.

Em números absolutos, a Fenabrave espera que as concessionárias do País vendam um total de 3.562.571 veículos leves, ante estimativa anterior de 3.589.975 unidades. A projeção para as vendas de caminhões permanece em queda de 19,0%; a de ônibus, em alta de 8,0%; e os emplacamentos de motos, em baixa de 12,0%.

Somando todos os segmentos, a Fenabrave estima que a venda de veículos recue 2,26% no acumulado de 2012, ante previsão anterior de queda de 1,77% para o período.

Caminhões

Ainda de acordo com a Fenabrave, os licenciamentos de caminhões em outubro subiram 48,10% sobre setembro e tiveram queda de 9,55% sobre o mesmo mês do ano passado, para 12.543 unidades. As vendas de ônibus chegaram a 2.203 no mês, o que representa um aumento de 8,10% sobre setembro e uma queda de 25,04% sobre outubro de 2011.

Em relação a motos, os emplacamentos somaram 134.736 veículos no mês passado, alta de 16,89% sobre setembro e recuo de 7,79% ante o mesmo mês de 2011. As vendas de implementos rodoviários subiram 43,81% na comparação com o mês anterior e aumentaram 6,93% em relação a outubro do ano passado. Ao todo, foram vendidos 4.740 implementos.

Esses resultados somados à venda de automóveis, comerciais leves, máquinas agrícolas e outros veículos resultaram em um total de 496.580 emplacamentos em outubro, alta de 18,20% sobre setembro e avanço de 11,97% ante o mesmo mês de 2011.

Carregando...