Mercado fechará em 2 h 57 min
  • BOVESPA

    113.699,08
    +416,41 (+0,37%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.563,25
    +457,54 (+0,90%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,46
    +1,48 (+2,00%)
     
  • OURO

    1.752,70
    +1,00 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    43.044,68
    -251,66 (-0,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.068,67
    -32,85 (-2,98%)
     
  • S&P500

    4.441,04
    -14,44 (-0,32%)
     
  • DOW JONES

    34.907,60
    +109,60 (+0,31%)
     
  • FTSE

    7.063,40
    +11,92 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    24.208,78
    +16,62 (+0,07%)
     
  • NIKKEI

    30.240,06
    -8,75 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.132,00
    -186,75 (-1,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2722
    +0,0166 (+0,27%)
     

Felipe Neto dobra seus investimentos em Solana e Ethereum

·3 minuto de leitura
Felipe Neto
Felipe Neto

Felipe Neto é um nome muito conhecido nas comunidades da internet brasileira. Mas, agora, surpreendentemente, também passou a ser uma das personalidades mais observadas pelo mercado de criptomoedas.

Após ter virado notícia ao indicar várias altcoins, como a Solana (SOL), Felipe falou novamente sobre o mercado, indicando o quanto lucrou com suas apostas.

Além disso, criticou as formas de investimento em bancos e até mesmo as pessoas que usam a sua imagem para tentar ganhar dinheiro dos investidores.

Recentemente, Felipe Neto revelou quais as altcoins ele estava “apostando” com uma possível valorização, Solana deu bom retorno

Entre suas apostas estava a Solana (SOL), Cardano (ADA) e a PancakeSwap (CAKE) — algo que chamou a atenção dentro do criptomercado.

No último final de semana, Felipe Neto ainda revelou o quanto as apostas renderam, tendo dobrado o seu capital investido em Solana em 2 semanas e também em Ethereum nos últimos 3 meses.

Mas, o seu lucro com as criptomoedas não foi a única coisa que ele destacou: ele também comentou do quão pouco o investimento tradicional que havia feito rendeu no banco, que apresentou uma valorização de apenas 0,4% do seu portfólio em agosto.

Com um ar de graça, enquanto o tweet sobre as criptomoedas contava com um emoji de foguete, o sobre os bancos contava com um emoji de bicho preguiça.

Que o criptomercado é muito mais lucrativo que os investimentos feitos em instituições financeiras e no mercado tradicional não é nenhuma novidade. Porém, de fato, ter um dos nomes mais famosos da internet brasileira falando sobre isso com certeza chama bastante atenção.

Já podemos ver pessoas tentando aproveitar a imagem do youtuber para obter lucros

A recente aproximação de Felipe Neto com as moedas digitais não está trazendo apenas vantagens para o YouTuber.

Em outro tweet nesta segunda-feira (6), Neto disse estar sentindo o lado negativo de estar se envolvendo com as criptomoedas. Em seu texto, ele alertou que já viu dois “professores” do mercado financeiro usando a imagem dele para vender cursos e se aproveitar da fama do youtuber.

Segundo ele, os supostos professores do mercado financeiro fizeram posts dizendo que o youtuber assistia suas lives e que, por isso, estava indo tão bem com seus investimentos.

Como é de se imaginar, não é verdade que Felipe Neto acompanha lives de professores do criptomercado. Além disso, afirmou que só tem conversas sobre o assunto com Luiz Persechini.

Felipe Neto ficou indignado de ser usado por professores de criptomoedas, sem citar nomes
Felipe Neto ficou indignado de ser usado por professores de criptomoedas, sem citar nomes

Gradualmente Neto continua se tornando uma figura controversa para alguns nos ativos digitais.

Se a exposição pública das suas apostas em diferentes altcoins será positiva ou não ainda resta esperar para saber. Porém, as “aventuras” de Felipe no setor já estão rendendo apelidos como “Elon Musk Brasileiro” — algo que ele não gosta nem um pouco.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos