Mercado fechado

Felipe Araújo dedica prêmios ao irmão: “Sempre faço uma homenagem”

Foto: Reprodução/Instagram (@felipearaujo)

Felipe Araújo começou 2020 com tudo! Logo nos primeiros dias do ano, o cantor participou do Buteco do Gusttavo Lima, no Rio de Janeiro, e viajou com o sertanejo para se apresentar no Verão Lovina, um dos eventos que mais movimentam o estado da Paraíba. O shows aconteceram no domingo (5).

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Em entrevista ao Yahoo!, Felipe contou que se apresentar em João Pessoa é o mesmo que começar o ano com o pé direito. Ainda na euforia por ter levado prêmios por conta do sucesso de ‘Atrasadinha’, música que gravou com Ferrugem, o artista diz que dedica suas vitórias ao irmão, Cristiano Araújo, que morreu em um acidente de carro em 2015.

“Só tenho a agradecer a Deus.Toda vez que subo no palco é uma homenagem ao Cristiano. Tenho certeza que ele estaria muito feliz com o meu sucesso se estivesse aqui. Ele sempre soube dessa minha vontade de cantar”, revela o músico de 24 anos.

Leia também

Só com ‘Atrasadinha’, Felipe e Ferrugem ganharam o Troféu Multishow, o Caldeirão de Ouro e o Melhores do Ano do Faustão. “Fico sem acreditar. Devo isso a quem gosta do meu trabalho e está sempre acompanhando, ouvindo, marcando presença nos shows, pedindo a música nas rádios. É muito gratificante ganhar um prêmio, uma emoção sem igual”, celebra.

Para o novo ano a meta é emplacar novos hits nas paradas de sucesso. Os fãs de Felipe, inclusive, já podem esperar canções inéditas. “Tem muita música boa vindo por aí. Já gravei um DVD em Brasília e agora vem o segundo volume. Serão muitas músicas novas para a galera. Tenho certeza que o pessoal vai curtir. A minha expectativa está grande para poder soltar essas canções”, diz o artista.

Pai de Miguel, que nasceu em 2019, Felipe tenta conciliar a carreira com a paternidade. O cantor lamenta passar pouco tempo com o filho, mas acredita que em um futuro próximo o garoto tenha vontade de trabalhar com ele.

“Em 2019 fiz mais de 250 shows. Sobrou pouco tempo de descanso, pouco tempo para ficar com a família. Mas foi muito válido. Lá na frente vai valer a pena. Enquanto tiver força para trabalhar eu vou dar o meu máximo. Daqui um tempo meu filho vai poder estar junto nos shows. Ele não mora em Goiânia, ele é de Vitória. Mas sempre que rola um tempinho na agenda fico com ele. A maior parte do meu tempo é na estrada. Quando não tenho show gosto de ficar com a família descansando”, diz Felipe.

Além de Felipe Araújo e Gusttavo Lima, o Verão Lovina contou com apresentações de Bhaskar e Wallas Arrais.