Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,44
    +0,87 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.824,10
    -0,70 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    20.771,24
    -298,47 (-1,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    453,32
    -8,48 (-1,84%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.258,32
    +49,51 (+0,69%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    12.083,50
    +43,00 (+0,36%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5281
    -0,0160 (-0,29%)
     

Feed em tela cheia do Instagram vai chegar para mais gente, confirma Zuckerberg

O CEO da Meta, Mark Zuckerberg, compartilhou uma prévia do teste do feed em tela cheia no seu perfil do Instagram. Segundo o executivo, a mudança visual será liberada "em breve" para mais pessoas. Ele ressaltou que as fotos ainda continuarão como uma parte importante da rede social.

Apesar da afirmação de Zuckerberg, a versão em tela cheia do feed é claramente uma cópia do estilo do TikTok, muito mais focada em vídeos do que em imagens estáticas. A mudança afetará também os atalhos para acessar a caixa de entrada das mensagens e para criar publicações na plataforma.

Este é o visual em tela cheia exibido por Mark Zuckerberg, possivelmente o modelo que deve chegar em definitivo (Imagem: Captura de tela/Alveni Lisboa/Canaltech)
Este é o visual em tela cheia exibido por Mark Zuckerberg, possivelmente o modelo que deve chegar em definitivo (Imagem: Captura de tela/Alveni Lisboa/Canaltech)

Há pelo menos três diferentes estilos de feed em tela cheia sendo testados simultaneamente pelo Instagram. A primeira ocupa realmente a tela inteira, deixando apenas o espaço da barra inferior livre, e exige o arrastar de dedo para cima para mudar de publicação. O segundo modelo segue a mesma linha visual já mencionada, mas mantém a rolagem livre como é hoje.

Já a versão mostrada pelo CEO da Meta, parece ser um aprimoramento do primeiro, porém com um visual mais limpo e quase sem botões. Esta terceira alternativa pode ter sido criada a partir do teste recente do TikTok, que passou a oferecer uma experiência com poucos elementos na tela para privilegiar a exibição dos vídeos.

Feed em Full Screen

O Instagram já havia confirmado o teste por meio de um tuíte, mas o experimento ainda estava restrito a poucos usuários. Quando foi liberado, houve bastante reclamação por influenciadores digitais, porque a visualização exibe apenas uma post por vez e privilegia quem produz conteúdo na vertical.

O visual apresentado pelo Instagram originalmente era um pouco diferente da versão mostrada por Zuckerberg (Imagem: Divulgação/Instagram)
O visual apresentado pelo Instagram originalmente era um pouco diferente da versão mostrada por Zuckerberg (Imagem: Divulgação/Instagram)

Enquanto foca em mudar totalmente coisas consolidadas, a plataforma parece ter deixado de lado a correção de bugs. Há várias semanas, pessoas têm reclamado de constantes problemas como bugs nos filtros — que deixou muita gente apreensiva com uma improvável remoção do recurso — e instabilidades. Na quarta-feira, por exemplo, uma falha fez com que Stories fossem reexibidos várias vezes.

Ainda não foi informado oficialmente quando o feed em tela cheia será liberado para todos. Como até Zuckerberg já está o compartilhando, não seria surpresa se a mudança desse as caras nos próximos dias. De qualquer forma, o Instagram se diz aberto ao feedback dos usuários, então ainda pode haver alguma reviravolta se a maioria achar ruim esse visual em full screen.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos