Fed Kansas: EUA podem crescer zero com abismo fiscal

A economia dos Estados Unidos pode registrar crescimento zero se o Congresso e a Casa Branca não chegarem a um acordo para evitar o abismo fiscal, disse na sexta-feira a presidente do Federal Reserve de Kansas City, Esther George, segundo o jornal Omaha World-Herald.

Em discurso na Associação para o Crescimento Corporativo em Omaha, Esther previu que a economia americana vai crescer 2% no próximo ano, de acordo com o jornal. Mas esse crescimento poderia ser próximo de zero, disse ela, se os negociadores não encontrarem um modo de evitar a combinação de cortes de gastos e aumento de impostos programada para vigorar no começo do próximo ano, o chamado abismo fiscal. Outros economistas preveem que o país pode entrar em recessão se as autoridades não chegarem a um acordo.

Esther não é membro votante este ano do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês), mas será em 2013. Ela se tornou chefe do Fed de Kansas City em outubro de 2011.

Esther disse na sexta-feira que o mercado de trabalho permanece "vagaroso", mas notou que a criação de emprego estava alta suficiente para continuar a pressionar para baixo as taxas de desemprego, que atingiram 7,7% em novembro. Ela afirmou que a inflação não parece ser um motivo de preocupação adicional ainda. A inflação se manteve abaixo da meta de 2% do Fed recentemente. As informações são da Dow Jones.

Carregando...