Mercado abrirá em 5 h 20 min

Fed está pronto para responder a uma economia flutuante

Fed espera que a economia cresça a um ritmo modesto, com uma inflação baixa, mas perto da meta de 2%

As taxas de juros dos Estados Unidos estão em um bom patamar no momento, mas o Federal Reserve (Fed) está preparado para mudar de rumos se a economia precisar, afirmou o número dois do banco central americano nesta quinta-feira.

A política monetária se encontra bem depois de três cortes nas taxas de juros no ano passado, e continuará apoiando o crescimento, disse o vice-presidente do Fed, Richard Clarida, em seu discurso.

Mas se as perspectivas econômicas mudarem, "responderemos de acordo com a situação".

As declarações de Clarida no centro de análise do Conselho de Relações Exteriores de Nova York ecoam as declarações do chefe do Fed, Jerome Powell, em dezembro, após a reunião final de 2019.

O banco central foi forçado a repensar suas decisões, imprimir algum estímulo à economia cortando a taxa de juros de referência, após nove aumentos consecutivos desde 2015, quando os Estados Unidos se recuperaram da crise financeira de 2008.

"A mudança na postura de política monetária que adotamos em 2019 foi oportuna e vem dando apoio à economia e ajudando a manter o rumo das perspectivas dos EUA", disse Clarida.

Mas ele ressaltou que essa política "não possui um curso pré-estabelecido".

"É claro que, se surgirem desenvolvimentos que, no futuro, nos façam reavaliar nossa perspectiva, responderemos de acordo".

O Fed continua esperando que a economia cresça em um ritmo modesto, com a inflação baixa, mas se aproximando da meta de 2%, mesmo enquanto os mercados de trabalho permanecem fortes com o desemprego em seu menor nível em 50 anos.