Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.247,15
    -2.542,18 (-2,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.394,03
    -1.070,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,28
    -0,31 (-0,28%)
     
  • OURO

    1.814,20
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    29.167,26
    -1.310,24 (-4,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,57
    -20,11 (-3,00%)
     
  • S&P500

    3.923,68
    -165,17 (-4,04%)
     
  • DOW JONES

    31.490,07
    -1.164,52 (-3,57%)
     
  • FTSE

    7.438,09
    -80,26 (-1,07%)
     
  • HANG SENG

    20.644,28
    +41,76 (+0,20%)
     
  • NIKKEI

    26.911,20
    +251,45 (+0,94%)
     
  • NASDAQ

    11.891,25
    -44,25 (-0,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2214
    +0,0110 (+0,21%)
     

Fed enfrenta desafio de conter inflação sem causar recessão

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
(Arquivo) Edifício da Reserva Federal em Washington (AFP/SAUL LOEB) (SAUL LOEB)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Federal Reserve dos Estados Unidos (Fed, banco central) terá uma equação difícil para resolver na terça e quarta-feira: o quanto deve aumentar suas taxas de juros de referência para controlar a inflação sem mergulhar a primeira economia mundial em uma recessão?

Em março, o Fed aumentou cautelosamente as taxas de juros em 0,25 ponto percentual, no primeiro aumento desde 2018.

Desta vez, salvo surpresas, o Comitê de Política Monetária (FOMC) aumentará as taxas em meio ponto, para levá-las a uma faixa de 0,75%-1%, em um esforço de conter a inflação.

O presidente do banco central, Jerome Powell, disse que esse aumento de meio ponto está "sobre a mesa".

Diante de um painel de banqueiros centrais à margem das reuniões de primavera boreal do FMI, ele enfatizou que é "absolutamente essencial" restaurar a estabilidade dos preços e aumentar "rapidamente" as taxas para o Fed cumprir essa prerrogativa.

Outros membros do Fed foram mais explícitos ao considerarem que é necessário desenvolver uma política agressiva diante da inflação implacável, em um contexto de desemprego muito baixo e escassez de mão de obra, que aumentam os salários.

Alguns desses responsáveis esperam que também haja aumentos semelhantes à reunião de junho.

A inflação, agravada pela guerra entre Rússia e Ucrânia, está em seu nível mais alto desde o início dos anos 80.

Em março, subiu para 6,6% em 12 meses nos Estados Unidos e os preços tiveram alta de 0,9% entre fevereiro e abril, segundo o índice PCE - o qual o Fed acompanha - publicado pelo Departamento do Comércio na sexta-feira.

O outro indicador de inflação nos Estados Unidos, o CPI, publicado no início do mês pelo Departamento do Trabalho e que é referência para o cálculo das aposentadorias, apresentou um aumento de preços de 8,5% em 12 meses em março, o maior aumento desde dezembro de 1981.

As duas medidas são calculadas a partir de diferentes grupos de bens e serviços, o que explica a diferença das porcentagens.

As discussões serão intensas. Além das pressões inflacionárias, alimentadas também pelos confinamentos na China que acentuaram os problemas de abastecimento no mundo, o crescimento parou em todo o planeta.

As ferramentas do Fed são consideradas eficazes para moderar a demanda e, consequentemente, os preços. Além da taxa de juros, o Fed deve começar a reduzir suas participações em títulos, outra grande etapa da normalização monetária.

Dt/tu/mr/yow/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos