Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.289,18
    +1.085,18 (+0,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.037,05
    -67,35 (-0,13%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,28
    -0,07 (-0,08%)
     
  • OURO

    1.818,90
    -10,80 (-0,59%)
     
  • BTC-USD

    37.041,73
    +165,54 (+0,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    845,93
    -9,88 (-1,15%)
     
  • S&P500

    4.349,93
    -6,52 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.168,09
    -129,61 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.469,78
    +98,32 (+1,33%)
     
  • HANG SENG

    24.289,90
    +46,30 (+0,19%)
     
  • NIKKEI

    27.050,42
    +39,09 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.211,75
    +53,25 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1054
    -0,0010 (-0,02%)
     

Fed deveria reduzir balanço em breve, diz George

·1 min de leitura
Esther George, presidente do Fed de Kansas City

(Reuters) - O Federal Reserve deveria começar a reduzir sua carteira de títulos do Tesouro e títulos lastreados em hipotecas acumulada durante a pandemia em um futuro não tão distante, disse nesta terça-feira a presidente do Fed de Kansas City, Esther George.

Ela é a mais recente autoridade do banco central norte-americano a pedir uma redução mais rápida do balanço do Fed em relação ao último ciclo de aperto monetário.

"Minha própria preferência seria optar por reduzir o balanço em breve conforme traçamos uma trajetória para remover a acomodação monetária", disse George em declarações preparadas para um evento virtual.

Ela disse que com a inflação perto da máxima em 40 anos, demanda forte e aparente aperto no mercado de trabalho, a atual postura "muito expansionista" da política monetária do Fed está fora de sincronia com o cenário econômico.

Ao longo do último mês, o banco central dos EUA mudou o curso diante da inflação bem acima de sua meta de 2%, e agora prevê aumento dos juros mais cedo e a um ritmo mais rápido do que antes.

As autoridades veem atualmente a necessidade de três altas de juros este ano. A taxa referencial tem ficado pouco acima de zero desde março de 2020.

(Reportagem de Lindsay Dunsmuir)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos