Mercado fechará em 3 h 33 min
  • BOVESPA

    107.668,83
    -3.770,54 (-3,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.687,81
    -619,90 (-1,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,54
    -1,43 (-1,99%)
     
  • OURO

    1.762,00
    +10,60 (+0,61%)
     
  • BTC-USD

    43.972,58
    -3.655,87 (-7,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.097,18
    -37,20 (-3,28%)
     
  • S&P500

    4.338,13
    -94,86 (-2,14%)
     
  • DOW JONES

    33.867,77
    -717,11 (-2,07%)
     
  • FTSE

    6.903,91
    -59,73 (-0,86%)
     
  • HANG SENG

    24.099,14
    -821,62 (-3,30%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    14.939,50
    -386,50 (-2,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2519
    +0,0525 (+0,85%)
     

FecomercioSP: 8 em cada 10 famílias têm dívidas com cartão em SP

·2 minuto de leitura
stack of multicolored credit cards, close up view with selective focus
Recorde de endividamento por cartão foi atingido em junho de 2012 (índice de 79,7%)
  • Pesquisa da FecomercioSP mostra que 78,8% dos paulistanos têm dívidas com cartão de crédito

  • Segundo a instituição, essa é uma das poucas saídas que restam para o consumo

  • Em abril, houve um registro de 61,7% de lares endividados na capital

Os paulistanos afetados pela crise econômica têm recorrido ao cartão de crédito para consumir. De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), da FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo), oito em cada dez famílias (78,9%) estão com esse tipo de dívida. O recorde foi atingido em junho de 2012 (índice de 79,7%). A federação alega que essa é uma das poucas saídas que restam para o consumo, inclusive de itens essenciais e alimentos. As informações são da Época Negócios.

Leia também:

, valor correspondente a 2.452 milhões de pessoas. São 18,8% de casas com contas atrasadas, e 8,3% que não conseguem quitá-las. Os índices permanecem estáveis, em comparação a março, que apresentou números de 18,4% e de 8,4%, respectivamente.

A FecomercioSP faz um alerta em relação aos juros, multas e taxas. A entidade indica que os consumidores controlem os gastos e evitem fazer dívidas no cartão de crédito. 

Índices de consumo 

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) caiu 4,2% em abril (de 73 pontos para 69,9). Abril e março foram marcados pela restrição do Plano São Paulo, que deixou os consumidores mais inseguros para comprar. Vale ressaltar que a taxa crescia desde agosto de 2020 e começou a cair entre fevereiro e março (menos 0,8 ponto percentual). 

Além disso, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) sofreu uma queda de 7%, em relação a março, e de 6,3% em comparação a abril de 2020. Já o Índice de Expectativas do Consumidor diminuiu em 6,7% (141,6 pontos para 132,1). 

A FecomercioSP orienta que os consumidores sejam cautelosos e alerta que a reestruturação das atividades de São Paulo e a vacinação da população seguirão em ritmo lento. Os empresários, de acordo com a entidade, devem continuar fazendo promoções e oferecendo flexibilidade no pagamento. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos