Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    60.733,09
    -1.212,58 (-1,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

FDA faz alerta a restaurantes e fábricas de alimentos para reduzir sódio

·1 minuto de leitura

Nos EUA, a Food and Drug Administration é responsável por monitorar a fabricação de medicamentos e alimentação. E nesta quarta-feira (13), a agência publicou novas diretrizes destinadas a restaurantes e fábricas de alimentos. Basicamente, o alerta é para que seja feita a redução do sódio, uma substância muito presente no sal. A ideia da FDA é reduzir a ingestão média diária de sódio em 12% nos próximos dois anos e meio.

O alto consumo de sal nos EUA está associado a taxas alarmantes de pressão alta, um dos principais fatores de risco de ataques cardíacos, derrames e insuficiência renal. Segundo a própria FDA, mais de 4 em cada 10 adultos do país em questão têm pressão alta.

Grande parte desse excesso de sódio, cerca de 70%, vem de alimentos processados ​​e embalados e refeições servidas em restaurantes. No comunicado anunciando as novas diretrizes, Dra. Janet Woodcock, comissária interina da FDA, diz que esse é o primeiro passo de toda uma campanha voltada para reduzir gradualmente a ingestão de sódio do país para que se chegue mais perto possível do que é recomendado: 2,3 gramas de sódio por dia.

(Imagem: furmanphoto/envato)
(Imagem: furmanphoto/envato)

A estimativa da FDA é que reduzir a ingestão de sódio em cerca de 40% ao longo de dez anos pode salvar 500 mil vidas. Especialistas recomendam limites obrigatórios para o sódio, mas reconhecem que esta ainda é uma árdua tarefa.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos