Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.722,20
    +193,23 (+0,40%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,84
    -0,83 (-1,32%)
     
  • OURO

    1.791,80
    +13,40 (+0,75%)
     
  • BTC-USD

    55.686,83
    +344,65 (+0,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.284,67
    +21,71 (+1,72%)
     
  • S&P500

    4.158,15
    +23,21 (+0,56%)
     
  • DOW JONES

    34.042,05
    +220,75 (+0,65%)
     
  • FTSE

    6.895,29
    +35,42 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.621,92
    -513,81 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    28.508,55
    -591,83 (-2,03%)
     
  • NASDAQ

    13.838,00
    +43,75 (+0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7007
    -0,0018 (-0,03%)
     

Fauci está otimista em vacinar adolescentes nos EUA no outono e crianças mais jovens ano que vem

·1 minuto de leitura

WASHINGTON (Reuters) - Estudantes do ensino médio nos Estados Unidos devem receber vacinas contra Covid-19 até o outono no hemisfério norte, e estudantes mais jovens devem ser liberados para a imunização no começo de 2022, afirmou a principal autoridade de doenças infecciosas dos EUA, Anthony Fauci, neste domingo.

Fauci afirmou que espera que o Centro de Controle e Prevenção de Doenças emita orientações mais frouxas para pessoas que já foram vacinadas “dentro dos próximos dias”, mas apelou para que a vigilância continue em medidas de mitigação para mais de 80% de norte-americanos que ainda estão esperando receber as doses.

“Estamos indo na direção certa. Temos apenas que aguentar um pouco mais”, disse Fauci, à emissora de televisão CBS.

“Queremos levar as taxas de mortalidade pelo vírus a níveis muito, muito baixos e, então, teremos muito, muito mais facilidade para recuar com segurança” nas medidas de mitigação.

Os Estados Unidos agora estão vacinando em média 2,1 milhões de pessoas por dia.

“Projetamos que estudantes de ensino médio muito provavelmente serão vacinados até o outono, talvez não no primeiro dia de aula, mas certamente no começo do outono”, disse.

Ele disse que alunos do ensino primário devem estar prontos para receber a vacina no primeiro trimestre do próximo ano, após o fim de estudo sobre a segurança dessa inoculação, afirmou.

A queda de casos começou a se estabilizar em 60.000 a 70.000 novas infecções por dia, o que Fauci disse que é inaceitável. Ele destacou a necessidade de continuar a orientar o uso de máscaras e outras medidas de mitigação para evitar novos surtos, no momento em que surgem novas variantes do vírus.

(Reportagem de Andrea Shalal em Washington)