Mercado fechará em 5 h 24 min
  • BOVESPA

    130.678,88
    +1.237,85 (+0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.146,02
    -140,44 (-0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,63
    +0,72 (+1,02%)
     
  • OURO

    1.867,60
    -12,00 (-0,64%)
     
  • BTC-USD

    40.891,92
    +5.048,85 (+14,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.015,59
    +46,75 (+4,83%)
     
  • S&P500

    4.236,08
    -11,36 (-0,27%)
     
  • DOW JONES

    34.324,00
    -155,60 (-0,45%)
     
  • FTSE

    7.160,34
    +26,28 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.008,50
    +14,25 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1539
    -0,0387 (-0,62%)
     

Fastly diz que queda global de internet foi gerada por um único cliente

·2 minuto de leitura
Fastly diz que queda global de internet foi gerada por um único cliente
Fastly diz que queda global de internet foi gerada por um único cliente

Na terça-feira (8), uma instabilidade global na internet tirou do ar uma diversidade de sites de grande porte. A queda foi resolvida no mesmo dia e no final da noite de ontem a Fastly explicou que o fenômeno ocorreu devido a um bug causado por uma alteração na configuração de um único cliente.

“Em 12 de maio, iniciamos uma implantação de software que introduziu um bug que poderia ser acionado por uma configuração de cliente específica em circunstâncias específicas”, disse o vice-presidente sênior de Engenharia e Infraestrutura, Nick Rockwell. “No início de 8 de junho, um cliente empurrou uma alteração de configuração válida que incluía as circunstâncias específicas que acionaram o bug, que fez com que 85% de nossa rede retornasse erros”, explicou o especialista no blog da empresa.

Fastly diz que responsável pela queda global da internet foi gerada por um único cliente. imagem: Shutterstock
Fastly diz que queda global de internet foi gerada por um único cliente. imagem: Shutterstock

O nome do cliente não foi revelado, bem como o processo de solicitação que a pessoa fez que acabou resultando no bug. Mas, segundo a empresa, que é responsável pelo serviço de distribuição de conteúdo na internet, foi criada “uma correção permanente para o bug” que começou a ser implantada no mesmo dia. Além disso, o porta-voz da companhia se desculpou pelo inconveniente, já que não previram a possibilidade do acidente ocorrer.

“Essa interrupção foi ampla e severa e lamentamos muito o impacto que causou aos nossos clientes e a todos que dependem deles”, concluiu Rockwell.

Leia mais!

O que aconteceu?

Na manhã da última terça-feira (8) grandes sites como Amazon, Reddit e Twitch, além de sites de notícias como o The Verge, Financial Times, o The Guardian, o New York Times, CNN e até a página do governo do Reino unido saíram do ar por um curto período, mas o suficiente para afetar e alarmar os usuários.

Os sites afetados exibiam a mensagem: “Erro 503 Serviço indisponível” e o Downdetector, serviço que registra reclamações quando sites ficam fora do ar, foi quem apontou que o erro tinha origem no provedor de serviços de computação na nuvem dos Estados Unidos – a Fastly.

Fonte: Fastly

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!