Mercado abrirá em 5 h 18 min
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,82 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,44 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,45
    +0,69 (+0,82%)
     
  • OURO

    1.798,40
    +2,10 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    61.954,03
    +935,00 (+1,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,70 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,92 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.161,13
    +34,20 (+0,13%)
     
  • NIKKEI

    28.600,41
    -204,44 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    15.372,75
    +31,75 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5825
    +0,0017 (+0,03%)
     

Fast Shop vai vender produtos da Disney e terá experiência como diferencial

·4 minuto de leitura

O cenário minimalista das lojas Fast Shop acaba de ficar mais colorido: as marcas Disney, Disney Princess, Pixar, Marvel e Star Wars chegaram à rede. A parceria entre as empresas prevê um formato de vendas baseado em experiência. As empresas contam que a ideia é encantar o consumidor, com uma abordagem semelhante à que ocorre em lojas próprias da Disney.

Para isso, as lojas terão ativações em espaços inspirados no universo da marca. Essa estratégia já estava nos planos da Fast Shop, que tem buscado expandir o segmento kids e se aproximar do público geek: em dezembro, por exemplo, iniciou as vendas de produtos Lego Disney, com 55 itens da fabricante à venda.

Segundo Caio Rinaldi, diretor de varejo na The Walt Disney Company Brasil, clientes da Fast Shop terão a melhor experiência de compra de produtos licenciados Disney no Brasil. “É algo único, exclusivo, em que os produtos são apresentados de forma muito diferente do que existe hoje no varejo tradicional”, descreve. “O consumidor vai poder sentir, ver como funciona e entender as funcionalidades em detalhes.”

Imagem: Divulgação/Fast Shop/Gladstone Campos
Imagem: Divulgação/Fast Shop/Gladstone Campos

Ele diz que o mais próximo da nova experiência disponível na Fast Shop é o que existe nas lojas das atrações nas próprias unidades da Disney. Além disso, destaca que os produtos encontrados na nova parceira provavelmente já estão à venda em outros estabelecimentos no Brasil, mas só na Fast Shop esse contato vai estar disponível.

É comum que esses produtos só sejam vistos em exposição dentro das caixas. Em geral, as vendas não são orientadas e muitos clientes não recebem auxílio ao escolher o artigo. “Nesse projeto, a ideia é que o consumidor sinta se aquele produto o atende antes de comprá-lo”, reforça Eduardo Salem, diretor geral de operações da Fast Shop.

Para Luiza Queiroz, head de franchise marketing na The Walt Disney Company Brasil, o grande diferencial da parceria é proporcionar uma conexão emocional com os itens. “As experiências são diferenciadas e incluem conteúdos que ajudam a tornar o contato com a marca mais próximo.”

Treinamento da equipe

O treinamento da equipe foi inspirado no atendimento oferecido nos parques da Disney. “Não treinamos tecnicamente os profissionais. Damos repertório para que eles possam contar histórias. A ideia é que o cliente seja levado de volta a uma experiência emocional que teve anteriormente”, explica Rinaldi. “A abordagem do cliente não é técnica, é colorida e emocional”, descreve.

Salem destaca que a equipe da Fast Shop já atua dessa forma. “Quando o consumidor vai procurar uma TV, queremos que ele tenha a sensação de estar assistindo na sala de casa mesmo. Nosso vendedor pergunta qual o artista preferido dele para fazer o teste já da forma mais próxima da realidade do cliente”, ressalta. “Um dos valores da Fast Shop é sempre apresentar as novidades ao consumidor. Faremos o mesmo com os produtos Disney.”

Imagem: Divulgação/Fast Shop/Gladstone Campos
Imagem: Divulgação/Fast Shop/Gladstone Campos

A partir dessa interação, os executivos apostam que muitas vendas vão ocorrer por impulso. “Os clientes vão comprar porque se encantaram. É provável que não tenham ido à loja procurar por aquele produto, mas vão comprá-lo porque é exclusivo e muito bem apresentado”, aponta Rinaldi.

Nesta primeira fase, a equipe já vai começar a pensar em como a experiência vai evoluir. “Na próxima etapa, a ideia é tornar a experiência ainda mais interessante: o cliente vai poder conversar com o produto, ter informações quando apontar o celular para ele ou conhecer a relevância de um personagem nas histórias da Disney, por exemplo. Queremos que o consumidor tenha vontade de voltar.”

Vendas para todo o país

As primeiras lojas a terem os produtos Disney são a Fast Shop Ibirapuera e Fast Shop Pátio Paulista, ambas em São Paulo. Além disso, os artigos estão disponíveis nos canais digitais da varejista, com entrega em todo o país. Quem comprar no e-commerce, no entanto, não terá contato com os itens pessoalmente — algo em que as empresas apostam como diferencial.

Clientes de São Paulo que comprarem online poderão receber os produtos em até 2 horas após aprovação do pagamento pelo serviço UltraFast. Outra opção é o Click and Collect: o consumidor compra pelo site ou pelo aplicativo e retira a mercadoria em uma das unidades físicas da Fast Shop.

Imagem: Divulgação/Disney
Imagem: Divulgação/Disney

Já os consumidores de outras partes do Brasil podem ter o apoio de um dos vendedores da rede. Em seu aplicativo móvel, a Fast Shop oferece uma ferramenta de comunicação direta entre clientes e a equipe das lojas. Lá, é possível receber consultoria técnica, conduzir a negociação e finalizar a compra.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos