Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.363,10
    -56,43 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.714,60
    -491,99 (-0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,13
    -0,53 (-0,64%)
     
  • OURO

    1.798,10
    -0,70 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    58.571,51
    -1.932,12 (-3,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.406,02
    -68,31 (-4,63%)
     
  • S&P500

    4.551,68
    -23,11 (-0,51%)
     
  • DOW JONES

    35.490,69
    -266,19 (-0,74%)
     
  • FTSE

    7.253,27
    -24,35 (-0,33%)
     
  • HANG SENG

    25.628,74
    -409,53 (-1,57%)
     
  • NIKKEI

    29.098,24
    -7,77 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.617,25
    +30,00 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4242
    -0,0005 (-0,01%)
     

Faraday Future afirma que FF91 é melhor que Maybach, Rolls Royce e Lamborghini

·2 minuto de leitura

Nesta terça-feira (21), o fundador da Faraday Future, Jia Yueting, declarou em seu perfil na Weibo que o FF91 venceu a Mercedes Maybach S, o Rolls Royce Cullinan e o Lamborghini Bison em termos de performance e tecnologia, após uma votação aberta pelo criador feita com dezenas de usuários e acionistas.

Por algum tempo, a Faraday Future foi considerada um dos maiores desastres econômicos do mundo automotivo. Até o ano passado, a empresa passava por dificuldades financeiras, mas conseguiu recursos para avançar com alguns projetos, dentre eles o carro elétrico FF91.

A concorrente da Tesla vem estudando a possibilidade de colocar o FF91 no mercado desde 2017. O carro é um crossover elétrico de luxo com linhas futuristas que conta com 1.065 cv de potência e um sistema de multimídia com tela de 27 polegadas para os passageiros do banco traseiro. Além disso, ele vem equipado com câmeras internas e microfones que oferecem suporte a recursos de videoconferência. Com o rear seat display (RSD) ligado, os usuários podem acessar seus contatos por meio de aplicativos de conferência para se conectarem com amigos, familiares e colegas de trabalho enquanto viajam.

O FF91 também é capaz de criar um banco de dados baseado nas principais experiências dos passageiros, reconhecendo a temperatura ideal e escolhendo o estilo de música preferido dos usuários. Outro recurso disponível é o destravamento do carro e a ativação do sistema de ignição por meio de reconhecimento facial, que conta com 10 câmeras de alta definição, 13 radares e 12 sensores.

<em>FF91 (Foto: Divulgação/Faraday Future)</em>
FF91 (Foto: Divulgação/Faraday Future)

A empresa, que enfrentou problemas no passado, fez alguns avanços nos últimos meses. Por exemplo, em agosto de 2021, a Faraday Future fechou uma parceria com a Qmerit que permitirá o carregamento rápido diretamente de casa, oferecendo mais comodidade aos usuários por meio da instalação de carregadores EV residenciais.

Neste ano, a startup também confirmou o fechamento de acordos com a chinesa Geely e a taiwanesa Foxconn para usar as plataformas para veículos elétricos desenvolvidas por ambas, abrindo portas para uma possível produção do FF91 na China. Além de fechar parcerias, a Faraday Future anunciou a fusão com a Property Solutions Acquisition, permitindo que suas ações fossem listadas na Nasdaq, a segunda maior Bolsa de Valores do mundo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos