Mercado abrirá em 5 h 33 min
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,92
    +0,48 (+0,58%)
     
  • OURO

    1.777,40
    +11,70 (+0,66%)
     
  • BTC-USD

    62.353,65
    +46,59 (+0,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.456,02
    +4,38 (+0,30%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.734,76
    +325,01 (+1,28%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.313,00
    +22,50 (+0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4137
    +0,0222 (+0,35%)
     

Far Cry 6 tem vilão mais cruel da franquia; confira nosso ranking

·5 minuto de leitura

Far Cry 6 já está disponível para consoles e PC, e com ele conheceremos o implacável Antón Castillo. O antagonista vivido por Giancarlo Esposito (Breaking Bad) governa com mão de ferro a fictícia nação caribenha de Yara, com uma presença assustadora e onipresente.

O vilão é capaz de tudo para manter a governabilidade dentro do país e, como os jogadores vão perceber logo nas primeiras cenas, chegou para marcar uma série de jogos reconhecida por personagens cruéis e conturbados. Com a estreia de Far Cry 6, o Canaltech listou e explicou os motivos que fazem de Antón Castilho o antagonista mais cruel de todos os jogos da franquia da Ubisoft.

Confira a seguir o nosso ranking com os vilões de Far Cry, classificados por nível de crueldade.

6. Sloan (Far Cry 3: Blood Dragon)

Vilão ciborgue tem plano mirabolante para acabar com a tecnologia (Imagem: Reprodução/Ubisoft)
Vilão ciborgue tem plano mirabolante para acabar com a tecnologia (Imagem: Reprodução/Ubisoft)

Soberba, rancor e um plano mirabolante formam a equação perfeita para montar um personagem que é capaz de tudo para atingir seus objetivos. Essa é a receita do coronel Ike Sloan, principal antagonista da expansão Far Cry 3: Blood Dragon.

O personagem é um ex-coronel do Exército norte-americano, que lidera uma equipe de comando cibernético após uma guerra nuclear entre Estados Unidos e Rússia. Inspirado em vilões de filmes da década de 1980, Sloan planeja reverter o mundo para um estado pré-histórico e governá-lo como um “Novo Zeus”. O plano inclui o fim da democracia e a morte de todos que são julgados fracos pelo ciborgue.

5. Pagan Min (Far Cry 4)

Pagan Min tem inspiração em déspota real que assassinou a família (Imagem: Reprodução/Ubisoft)
Pagan Min tem inspiração em déspota real que assassinou a família (Imagem: Reprodução/Ubisoft)

Com participações rápidas, mas memoráveis, Pagan Min deixou sua marca na franquia por traços que equilibram crueldade, sarcasmo e exuberância. O vilão de Far Cry 4 é o homem que tenta impedir que o protagonista Ajay Ghale espalhe as cinzas da mãe na montanha mais alta do país de Kyrat.

Ex-líder da tríade de Hong Kong, Pagan se tornou rei de Kyrat, com violência e traição. Sarcástico e psicopata, o antagonista aparece no jogo apunhalando um aliado no pescoço com uma caneta e se irrita de verdade apenas quando sangue mancha seu ostensivo par de sapatos brancos.

O vilão foi inspirado na figura real de Pagan Min, o nono rei da dinastia Konbaung da Birmânia, que assassinou os irmãos para ganhar o trono. Em Far Cry 4, o personagem alcança o poder após trair o grupo monarquista que liderou em uma guerra sangrenta, matando o real herdeiro de Kyrat e qualquer ex-aliado que se opõe à ideia dele como rei.

4. Faith Seed (Far Cry 5)

Não se engane com aparência de Faith Seed; vilã faz jogador questionar a realidade (Imagem: Reprodução/Ubisoft)
Não se engane com aparência de Faith Seed; vilã faz jogador questionar a realidade (Imagem: Reprodução/Ubisoft)

Não se engane com as roupas brancas e a aparência aparentemente meiga de Faith Seed. A irmã caçula adotada do "Pai" é o braço que permitiu o fortalecimento da seita de Far Cry 5. A tenente criou o êxtase, uma droga de controle mental derivada de flores, usada para manipular os membros do culto mostrado no jogo.

Os encontros com Faith fazem o jogador embarcar em alucinações e questionar o que é real. Faith é manipuladora e pode fazer você acreditar que ela domina a realidade. Todo encontro com a personagem é assustador, mostrando a personalidade implacável da vilã.

3. Joseph Seed (Far Cry 5)

O Pai acredita em missão divina para tacar o terror na comunidade rural de Hope County (Imagem: Reprodução/Ubisoft)
O Pai acredita em missão divina para tacar o terror na comunidade rural de Hope County (Imagem: Reprodução/Ubisoft)

A voz mansa que esconde os piores demônios de Far Cry 5. Esse é Joseph Seed, “O Pai", líder do culto que força uma insana crença em sobre os outros até que eles “vejam a luz”.

Por anos, o vilão é mostrado usando um exército de seguidores manipulados com drogas para desalojar, assediar e confrontar moradores da montanha Hope County. O vilão acredita que é um profeta e usa a crença para justificar o sequestro de grupos de pessoas para prisões subterrâneas.

Joseph "O Pai" Seed é totalmente insano e realmente capaz de tudo para ganhar poder e uma família forjada por mentiras e medo.

2. Vaas (Far Cry 3)

Caption
Caption

Vaas é sádico e insano, o que traz passagens fortemente cruéis para Far Cry 3. O líder dos piratas que controla as Ilhas Rook não só tenta matar o protagonista Jason Brody, que encalhou na ilha, como o atormenta, zoa e o pressiona contra os próprios limites.

Vaas é um clássico valentão, com ideias maliciosas para torturar seu inimigo, enquanto se diverte. O personagem é reconhecido por estabelecer o alto padrão para os vilões de Far Cry, muito graças a atuação do ator Michael Mando, que montou um personagem perturbado, convicto e que falará loucuras enquanto nem ao menos pisca os olhos.

1. Antón Castillo (Far Cry 6)

Far Cry 6 dobra a aposta e apresenta o vilão mais cruel da franquia (Imagem: Reprodução/Ubisoft)
Far Cry 6 dobra a aposta e apresenta o vilão mais cruel da franquia (Imagem: Reprodução/Ubisoft)

Antón Castillo é o pior tipo de vilão quando falamos de histórias de governantes cruéis que são capazes de tudo para manter o poder, como em Far Cry. Castillo é calculista e impiedoso. Apenas manter o controle de Yara o interessa. Para isso, o personagem instaurou o trabalho escravo no país e um forte sistema de repressão a qualquer opositor.

O antagonista promete causar ira aos jogadores com suas ações. Castillo isolou Yara do resto do mundo, o que lhe permitiu fazer o que desse na telha. Nas primeiras cenas de Far Cry 6, o personagem aparece metralhando um barco de refugiados apenas para ver o grupo morrer afogado.

Ele prende dissidentes, críticos e jornalistas. Todo rebelde do governo fascista é levado para trabalhar nas fazendas de Viviro, uma droga oriunda do tabaco anunciada pelo vilão como a cura do câncer, mas que na verdade possui propriedades tóxicas.

A presença de Castillo é imponente. Ao mesmo tempo que o vilão parece ser alguém alheio e inalcançável, protegido por exércitos armados, ele está em todos os lugares do jogo, como em outdoors ou em pronunciamentos na TV. Não importa onde o jogador esteja, provavelmente ele verá Castillo por perto, o que torna a presença assustadora e o vilão como uma das passagem mais cruelmente marcantes da franquia criada pela Ubisoft.

*Matéria feita em colaboração com o repórter Felipe Demartini

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos