Mercado abrirá em 6 h 41 min
  • BOVESPA

    111.878,53
    +478,62 (+0,43%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.674,83
    +779,20 (+1,82%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,17
    -0,11 (-0,24%)
     
  • OURO

    1.837,40
    +7,20 (+0,39%)
     
  • BTC-USD

    19.063,66
    -17,69 (-0,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    374,04
    +9,13 (+2,50%)
     
  • S&P500

    3.669,01
    +6,56 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    29.883,79
    +59,87 (+0,20%)
     
  • FTSE

    6.463,39
    +78,66 (+1,23%)
     
  • HANG SENG

    26.638,47
    +105,89 (+0,40%)
     
  • NIKKEI

    26.773,28
    -27,70 (-0,10%)
     
  • NASDAQ

    12.466,50
    +12,25 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3607
    +0,0409 (+0,65%)
     

Famosa no Twitch, streamer pede que seus fãs não lhe enviem tanto dinheiro

Ramon de Souza
·1 minuto de leitura

A streamer marroquina Imane Anys, mais conhecida pelo pseudônimo Pokimane, causou espanto entre seus fãs e a comunidade gamer em geral no dia 1º de novembro. Famosa por suas transmissões jogando Fortnite, League of Legends e Among Us, a celebridade usou seu perfil no Twitter para pedir aos seus espectadores para que eles não lhe enviem grandes quantidades de dinheiro.

É isso mesmo — enquanto a maioria dos “astros do streaming” anseiam por doações cada vez mais robustas, Anys resolveu trabalhar em parceria com a plataforma Streamlabs para criar um inédito sistema que limita quanto dinheiro alguém pode lhe enviar durante cada transmissão. A partir de agora, não será possível doar mais do que US$ 5 (cerca de R$ 28) para ela durante as partidas.

Na mensagem, a streamer ainda agradece as colaborações financeiras — incluindo aquelas que teriam atingindo ao ponto do “desnecessário” — e orienta seus seguidores que utilizem seu dinheiro para apoiar “canais em crescimento, [instituições de] caridade e para cuidar de si mesmos”. Posteriormente, em uma live, Anys afirma que se sentia culpada quando recebia, por exemplo, US$ 20 (R$ 113) dos espectadores.

Embora a atitude de Pokimane seja louvável, é importante observar que, de fato, a streamer já lucra o suficiente com seu canal para poder se dar ao luxo de recusar doações generosas — além de uma parceria de patrocínio com o próprio Twitch, ganhou ainda mais holofotes quando participou da livestream com a republicana Alexandria Ocasio-Cortez para mais de 435 mil pessoas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: