Mercado abrirá em 5 h 16 min
  • BOVESPA

    109.401,41
    -2.522,52 (-2,25%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.799,46
    -434,91 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,41
    +0,48 (+0,62%)
     
  • OURO

    1.782,20
    +0,90 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    17.015,80
    -289,56 (-1,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    401,82
    -9,40 (-2,29%)
     
  • S&P500

    3.998,84
    -72,86 (-1,79%)
     
  • DOW JONES

    33.947,10
    -482,78 (-1,40%)
     
  • FTSE

    7.567,54
    +11,31 (+0,15%)
     
  • HANG SENG

    19.276,82
    -241,47 (-1,24%)
     
  • NIKKEI

    27.885,87
    +65,47 (+0,24%)
     
  • NASDAQ

    11.793,25
    -12,50 (-0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5311
    -0,0023 (-0,04%)
     

Família mais rica do mundo perde R$ 69,5 bilhões em um dia

Lucro ajustado por ação deve cair de 11% a 13% neste ano (REUTERS/Dado Ruvic/Illustration)
Lucro ajustado por ação deve cair de 11% a 13% neste ano

(REUTERS/Dado Ruvic/Illustration)

  • Mais rica do mundo, família Walton perde R$ 69,5 bilhões em um dia;

  • Queda acontece após a redução das expectativas de lucro do Walmart, controlado pela família;

  • Esta é a segunda vez que as expectativas e o patrimônio dos Walton caem.

A família Walton, a mais rica do mundo, perdeu cerca de US$ 13 bilhões (R$ 69,5 bi), nesta terça-feira (26), depois que as ações do Walmart despencaram devido à redução das expectativas de lucro pela segunda vez neste ano.

Ontem, a cotação caiu mais de 9% no pós-mercado e hoje seguem em forte queda na Bolsa de Nova York (NYSE), ultrapassando os 7%. As projeções da varejista, controlada pela família, indicam que o lucro ajustado por ação cairá de 11% a 13% neste ano, já que os compradores norte-americanos estão evitando gastar com itens muito caros em meio à inflação recorde. Dois meses atrás, a previsão de queda estava próxima de 1%; em fevereiro, esperava-se um leve aumento.

De acordo com a Bloomberg, o patriarca da família, Sam Walton, construiu o negócio em torno de uma cultura de descontos que ajudou a impulsionar, no passado, as ações em tempos de recessão. Os filhos sobreviventes de Walton – Alice, Jim e Rob -, além da nora Christy e Lukas, filho de Christy, possuem pouco menos da metade da varejista, o que lhes dá patrimônio combinado de US$ 199,3 bilhões. Em comparação ao primeiro dia do ano, houve uma queda de 11%.

Perda histórica

Em maio, a família Walton perdeu cerca de US$ 33,7 bilhões (R$ 179,4 bi) depois que as ações da varejista despencaram. Os motivos são similares aos de agora; na época, o lucro líquido do trimestre havia caído 25% em relação ao ano anterior.

O indicador de lucro por ação também ficou abaixo das estimativas dos analistas, o que fez com que investidores não reagissem bem. Esta foi a pior queda em um único dia para a empresa desde 1987, segundo a Forbes.