Mercado fechará em 30 mins
  • BOVESPA

    109.727,28
    +2.348,36 (+2,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.806,20
    +539,00 (+1,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,98
    +1,92 (+4,46%)
     
  • OURO

    1.804,50
    -33,30 (-1,81%)
     
  • BTC-USD

    19.107,15
    +655,19 (+3,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    379,33
    +9,58 (+2,59%)
     
  • S&P500

    3.630,92
    +53,33 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    30.038,56
    +447,29 (+1,51%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    +98,33 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    26.588,20
    +102,00 (+0,39%)
     
  • NIKKEI

    26.165,59
    +638,22 (+2,50%)
     
  • NASDAQ

    12.051,00
    +145,75 (+1,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3877
    -0,0526 (-0,82%)
     

Família decora casa para Halloween, mas vizinhos confundem com incêndio e chamam bombeiros

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura
Casal decora residência para o Halloween e assusta vizinhos na Califórnia (EUA)
Casal decora residência para o Halloween e assusta vizinhos na Califórnia (EUA)

Uma decoração hiper-realista de Halloween assustou os moradores de Riverside, na Califórnia (EUA). Vizinhos acionaram o Corpo de Bombeiros após se depararem com uma casa pegando fogo, porém as chamas eram apenas efeitos especiais e tinham sido instaladas pelo casal que vive na residência.

De acordo com a rede norte-americana ABC, Carmen e Travis Long levaram três anos para concluir os preparativos inspirados no filme Piratas do Caribe.

“Acrescentamos coisas todos os anos. Tudo começou com apenas esqueletos, então adicionamos um canhão na parte de trás e no navio, o fogo fingido na lateral”, explicou Carmen.

A decoração que apavorou a vizinhança acabou se tornando ponto turístico da região para o Dia das Bruxas, a ponto de o casal organizar apresentações na residência nos finais de semana de outubro.

O susto dos vizinhos tem explicação: o estado da Califórnia foi atingido por uma série de incêndios florestais que já devastaram mais de 1,5 milhão de hectares.