Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.477,21
    -189,23 (-0,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Família diz que Autopilot da Tesla causou a morte do filho

·2 minuto de leitura
Família diz que Autopilot da Tesla causou a morte do filho
Família diz que Autopilot da Tesla causou a morte do filho

A família de um adolescente de 15 anos que morreu em um grave acidente de carro em 2019 está processando a Tesla e afirma que o sistema Autopilot foi o responsável pela morte do jovem, uma vez que, segundo eles, o sistema não estava sendo utilizado de maneira adequada, o que aumentou tanto o risco de um acidente acontecer, quanto a gravidade do que acabou acontecendo.

A colisão aconteceu em agosto de 2019, quando a família de Jovani Maldonado viajava em um Ford Explorer. O jovem, que estava sem cinto de segurança, acabou sendo arremessado para fora do veículo após a batida com um Tesla Model 3, que estava a mais de 100 km/h, Maldonado foi arremessado para fora do carro e morreu no local.

Agora, a família Maldonado está processando a Tesla, alegando que o sistema Autopilot não reagiu adequadamente às condições do tráfego. Segundo especialistas ouvidos pelo The New York Times, esse é um caso bastante intrigante, já que levanta algumas questões sobre como algumas escolhas tecnológicas feitas por um motorista podem afetar a segurança de outros na estrada.

Mais que um caso isolado

Essa não é a primeira vez que um acidente fatal acontece com envolvimento do sistema Autopilot da Tesla. Em 2018, uma investigação apontou que um veículo da marca desviou em direção a uma barreira de concreto enquanto o sistema de piloto automático estava acionado. Havia apenas uma pessoa no carro, que acabou morrendo.

De acordo com o Departamento Nacional de Segurança de Tráfego nas Estradas (NHTSA) dos Estados Unidos, pelo menos dez pessoas já perderam a vida em acidentes envolvendo veículos da Tesla com o sistema Autopilot ativado.

Procurada pelo Times, a Tesla não respondeu aos pedidos de entrevista. A empresa, porém, já afirmou anteriormente que os motoristas seriam os culpados nos acidentes, e reforçou que o uso indevido do recurso “pode ​​significar a diferença entre a vida e a morte”.

Com informações do Futurism

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos