Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.700,67
    +405,99 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.514,10
    +184,26 (+0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,39
    -0,07 (-0,11%)
     
  • OURO

    1.764,40
    -2,40 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    63.395,39
    +435,83 (+0,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.397,85
    +16,90 (+1,22%)
     
  • S&P500

    4.170,42
    +45,76 (+1,11%)
     
  • DOW JONES

    34.035,99
    +305,10 (+0,90%)
     
  • FTSE

    6.983,50
    +43,92 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    28.793,14
    -107,69 (-0,37%)
     
  • NIKKEI

    29.642,69
    +21,70 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    14.007,75
    -6,25 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7182
    -0,0547 (-0,81%)
     

Falsa atualização do Android rouba dados dos usuários

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Close up of a young woman working from home
Close up of a young woman working from home
  • Criminosos usam novo golpe com a atualização do Android para roubar dados

Criminosos desenvolveram mais um golpe para roubar informações dos usuários. Desta vez, uma falsa atualização do Android consegue infectar o smartphone e instalar arquivos maliciosos nele. As informações são da Exame.

Leia também:

O golpe, identificado pela empresa de segurança digital Zimperium, não é diferente de outros já aplicados. O objetivo é fazer com que os próprios usuários do sistema operacional instalem o malware a partir de arquivos baixados não pela Play Store, mas por outro site.

Depois do download, notificações com as logomarcas do Google, Android e Play Store mostram que a atualização falsa já pode ser instalada no aparelho. A partir disso, os criminosos têm acesso aos dados e informações dos usuários.

Como não cair em golpe

Uma dica para evitar cair em golpes parecidos - como o que aconteceu com o Clubhouse recentemente - é sempre baixar aplicativos nas lojas oficiais, não em sites estranhos. Para quem já instalou o malware, o ideal é que formate o celular e, em outro dispositivo, troque as senhas de tudo o que era acessado.