Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.219,71
    -1.050,01 (-3,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Falha no servidor da Amazon afeta funcionários e gera atrasos nas entregas

·2 min de leitura
Amazon Web Services
Problema aconteceu nesta terça-feira (7) e deixou vários sites e serviços fora do ar

(Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)

  • Falha nos servidores da Amazon Web Service prejudicou funcionários

  • Aplicativos que gerenciam entregas e armazéns ficaram fora do ar

  • Problema ocorreu ontem (7) e afetou vários serviços como iFood, Disney+, entre outros

A falha nos servidores da Amazon Web Service (AWS), desta terça-feira (7), teve um impacto muito maior do que apenas a queda de serviços como iFood, Prime Video e Disney+. Por conta do problema, aplicativos de entregas e armazéns usados por funcionários também caíram.

Leia também:

No Reddit, colaboradores relataram que não conseguem acessar o app AtoZ, responsável pelo gerenciamento de grande parte do trabalho. Armazéns inteiros foram fechados e, nos Estados Unidos, a empresa está enfrentando altas taxas de erro na região US-EAST-1 (Leste).

Os caminhoneiros que realizam entregas também tiveram que voltar à forma antiga de checar as cargas, anotando tudo manualmente no papel. Outros três parceiros de serviços de entregas ficaram sem trabalhar, já que não conseguem usar o canal de comunicação com a Amazon. Segundo a Bloomberg, a situação provocou vários atrasos.

O que a Amazon diz

Em resposta ao problema, conforme divulgado pelo TecMundo, a empresa disse: “Estamos buscando vários caminhos de mitigação em paralelo e vimos alguns sinais de recuperação, mas não temos um período estimado para recuperação total no momento".

A plataforma de computação em nuvem Amazon Web Services (AWS) é a mais usada no mundo. De acordo com o site DownDetector, não foram poucos os serviços afetados diretamente pela falha no AWS. iFood, League of Legends, Valorant e C6 Bank foram rapidamente ao topo de queixas da plataforma.

Os gamers também foram impactados pela falha no AWS. Mais especificamente, a falha afeta os jogadores dos títulos da Riot Games, que também dependem da plataforma da Amazon. Como resultado, os jogadores de League of Legends, Valorant e League of Legends: Wild Rift não conseguem realizar o login e acessar os jogos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos