Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.491,97
    +293,96 (+1,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Falha em provedor deixa Canadá sem internet

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Relatórios do Downdetector estimam que problemas no Canadá surgiram por volta das 5h da manhã no horário local. Pessoas relatavam que sequer conseguiam se conectar
Relatórios do Downdetector estimam que problemas no Canadá surgiram por volta das 5h da manhã no horário local. Pessoas relatavam que sequer conseguiam se conectar (Getty Creative)
  • Falha afetou telefones fixos, conexões de celulares e conectividade com a Internet em todo o país

  • Interrupção também causou transtornos a uma rede bancária utilizada para cartões de débito e caixas eletrônicos.

  • Técnicos da Cloudflare especularam que a interrupção seria resultado de um erro interno da Rogers e não um ataque cibernético

A Rogers, uma das principais empresas de telecomunicação do Canadá, enfrentou sérios problemas técnicos nesta sexta-feira. A falha afetou telefones fixos, conexões de celulares e conectividade com a Internet em todo o país. A interrupção também causou transtornos a uma rede bancária utilizada para cartões de débito e caixas eletrônicos.

O Downdetector listou milhares de relatórios para os problemas que surgiram por volta das 5h da manhã no horário local. Pessoas relatavam que sequer conseguiam se conectar.

A Rogers só prestou um esclarecimento superficial em seu perfil no Twitter por volta das 9h. Na parte da tarde, a empresa postou que suas equipes técnicas estavam trabalhando para restaurar os serviços “ao lado de nossos parceiros globais de tecnologia e estão progredindo”.

Segundo informações do portal The Verge, foram cerca de 12 horas de instabilidade em todo o país e, em nenhum momento, a Rogers deu previsão para a volta integral dos serviços. Em novo tuíte, a empresa prometeu que “daria crédito proativamente a todos os clientes” e disse que tinha “todos os recursos técnicos e parceiros” trabalhando para recuperar sua rede.

O Cloudfare Radar mostrou a comunicação entre sua rede de compartilhamento de carga e a Rogers e detectou que a conexão caiu para praticamente zero por volta das 3h da manhã. Ao mesmo tempo se iniciou uma série de anúncios de BGP (Border Gateway Protocol) para a rede, o que indica mudanças no roteamento. Em uma postagem, técnicos da Cloudflare especularam que a interrupção seria resultado de um erro interno da Rogers e não um ataque cibernético.

A interrupção também desconectou o Interac, a rede que os bancos canadenses usam para cartões de débito e caixas eletrônicos, além dos serviços de e-Transfer, de escritórios de passaportes e a agência de arrecadação de impostos do Canadá.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos