Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.801,21
    -1.775,35 (-1,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.195,43
    -438,48 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,29
    +0,14 (+0,21%)
     
  • OURO

    1.814,00
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    39.799,30
    +1.357,82 (+3,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    981,48
    +54,71 (+5,90%)
     
  • S&P500

    4.402,66
    -20,49 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    34.792,67
    -323,73 (-0,92%)
     
  • FTSE

    7.123,86
    +18,14 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    27.687,58
    +103,50 (+0,38%)
     
  • NASDAQ

    15.096,25
    +22,75 (+0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1178
    -0,0005 (-0,01%)
     

Facebook Viewpoints: programa de recompensas chega ao Brasil nesta segunda

·2 minuto de leitura
Facebook Viewpoints: programa de recompensas chega ao Brasil nesta segunda
Facebook Viewpoints: programa de recompensas chega ao Brasil nesta segunda

Lançado em 2019 nos Estados Unidos, o Facebook Viewpoints está expandindo seu alcance para dois novos países. A partir desta segunda-feira (28), a rede social de Mark Zuckerberg também vai disponibilizar o aplicativo de pesquisa de mercado para Brasil e México, já presente em mercados na Europa, Ásia e África.

A premissa é simples: os usuários do Facebook ingressam em programas como tarefas, pesquisas ou experimentações de novos produtos e, em troca, recebem pontos que podem ser convertidos em dinheiro “de verdade” posteriormente.

Como funciona o Facebook Viewpoints

Ao residir em uma das regiões elegíveis, basta que o usuário, com 18 anos ou mais, baixe o app Facebook Viewpoints — disponível tanto na App Store quando no Google Play. Feito isso, será possível fazer o cadastro por um número de celular ou realizar o acesso pelo mesmo login do Facebook.

Após inscrever-se no programa de pesquisas, o Facebook avisará no e-mail cadastrado quando uma nova tarefa estiver disponível.

As tarefas do Facebook Viewpoints envolvem estudos estatísticos (quais apps utilizados e por quanto tempo), pesquisas sobre usos de mídias sociais e outros tópicos, bem como recomendações para o envio de feedbacks em busca de melhorar a qualidade das recomendações de Lojas.

De acordo com o Facebook, todas as participações no programa serão importantes para melhorias de produtos do Facebook, Instagram e WhatsApp, além de beneficiar a comunidade em geral.

Finalizada determinada tarefa, o usuário receberá uma quantia de pontos — indicada previamente — como recompensa. Cada 1 mil pontos acumulados geram uma recompensa de US$ 2,5 (aproximadamente R$ 12,33, em conversão direta), que será enviada diretamente na conta PayPal do participante.

Vale frisar que, por ora, tanto o Brasil quanto o México contarão apenas com tarefas de Estudo e Recomendações.

Ícones do Facebook, Instagram e WhatsApp
Informações coletadas com o Facebook Viewpoints vão auxiliar na otimização das redes sociais de Mark Zuckerberg. Foto: Primakov/Shutterstock

Leia mais:

E os dados?

Naturalmente, os feedbacks coletados pelo Facebook Viewpoints serão baseados nos dados compartilhados pelos usuários da rede social de Mark Zuckerberg. Logo ao cadastrar-se no app, são solicitados dados como nome, endereço de e-mail, país de residência, data de nascimento e gênero, além da permissão para acesso à localização do usuário.

A plataforma de recompensas afirma que antes de cada programa vai explicar quais informações vão ser coletadas, como serão utilizadas e quantos pontos o usuário receberá ao término da tarefa.

Ainda de acordo com o Facebook, nenhuma informação deste aplicativo será vendida a terceiros e não haverá compartilhamento público de atividades no Viewpoints no Facebook ou em outras contas vinculadas sem a devida permissão. O encerramento da participação no Facebook Viewpoints poderá ser feito a qualquer momento.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos