Mercado fechado

Facebook vai usar IA para identificar itens à venda em fotos

Felipe Ribeiro

Para modernizar ainda mais a maneira como os usuários realizam vendas em sua principal plataforma social, o Facebook decidiu investir em inteligência artificial e criou um modelo universal de reconhecimento de produto, o GrokNet. Com ele, a rede social identifica qualquer produto que esteja à venda automaticamente no seu aplicativo. Esse anúncio vem junto de um novo recurso de e-commerce anunciado pela empresa, chamado de "Shops", que permitirá às pequenas empresas que montem suas lojas virtuais de graça tanto no app principal do grupo quanto no Instagram.

De acordo com o Facebook, o reconhecimento do produto é a primeira de uma série de atualizações baseadas em IA que chegam às suas plataformas de comércio eletrônico em um futuro próximo. Eventualmente, eles combinarão IA, realidade aumentada e até assistentes digitais para criar o que chamam de experiência de compra "social-first".

Entre os itens mais vendidos dentro do Facebook, os artigos de moda serão os mais importantes e essenciais dentro dessa ideia da empresa. A IA do GrokNet pode acabar se transformando em um estilista automatizado e indicar roupas com base nos interesses do usuário, com sugestões diárias moldadas pelo clima e época do ano — algo que já é mais ou menos visto na Amazon e no eBay, que fazem uso do machine learning para indicar looks para as pessoas.

Imagem: Facebook

Qual o diferencial?

O Facebook diz que o que diferencia sua ferramenta é seu escopo e precisão. O GrokNet pode identificar dezenas de milhares de atributos diferentes em uma imagem, como marcas, cor e tamanho. A ferramenta já foi implantada no Facebook Marketplace para ajudar os usuários a listar rapidamente itens à venda, identificando o que está neles e gerando descrições curtas. Você pode fazer upload de uma foto do seu sofá, por exemplo, e o Marketplace sugere listá-la como "sofá preto, de couro, três lugares".

Imagem: Facebook

O GrokNet é treinado por um banco de dados colossal com cerca de 100 milhões de imagens, sendo a maioria, claro, retirada do Marketplace. A empresa afirma, ainda, que o sistema é capaz de identificar objetos que foram fotografados com condições de iluminação não muito boas e ângulos que não favoreçam uma boa visualização do produto.

O Facebook diz que o GrokNet é capaz de identificar 90% das imagens do Marketplace na categoria Casa e Jardim, que deve ter sido a mais testada até o momento. O desempenho em outras categorias, porém, deverá ser visto à medida que os usuários aproveitem a ferramenta.


Fonte: Canaltech