Mercado abrirá em 2 h 20 min

Facebook vai priorizar notícias originais no feed dos usuários

Wagner Wakka

O Facebook anunciou novas mudanças relacionadas a notícias em sua plataforma. A empresa vai usar um sistema de inteligência artificial para identificar as publicações indicadas como fonte de uma notícia e para melhor ranqueá-la nas timelines.

“A maioria das notícias que as pessoas veem em seus feeds são fontes que elas ou seus amigos seguem e isso não vai mudar. Quando várias notícias forem compartilhadas pelos veículos e estiverem disponíveis no feed de notícias, vamos dar mais destaque para a original”, informou a companhia em publicação oficial.

Por outro lado, as matérias que não forem assinadas serão preteridas nos feeds de notícia. “Percebemos que as publicações que não incluem essa informação geralmente não têm credibilidade com leitores e produzo conteúdos com clickbait e proliferação de anúncios, ambos conteúdos que as pessoas dizem que não querem ver no Facebook”, completou a empresa.

De acordo com a nota oficial, estas mudanças serão aplicadas inicialmente em notícias realizadas em inglês, mas serão expandidas no futuro para outras línguas também.

A empresa tem mostrado movimentações em relação a notícias, principalmente por conta de fake news sobre COVID-19 e eleições nos Estados Unidos. Atualmente, a empresa disse que vai começar colocar avisos direcionando o usuário para informações oficiais sobre eleições no país norte-americano.

Outra ferramenta nova do Facebook vai alertar os usuários caso estejam compartilhando uma notícia muito antiga que já pode estar fora de contexto.

Fonte: Canaltech