Mercado abrirá em 5 h 25 min
  • BOVESPA

    126.003,86
    +951,08 (+0,76%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.897,79
    +629,34 (+1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,72
    -0,19 (-0,26%)
     
  • OURO

    1.795,80
    -3,40 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    36.985,51
    -1.589,55 (-4,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    875,67
    -39,82 (-4,35%)
     
  • S&P500

    4.422,30
    +10,51 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    35.144,31
    +82,76 (+0,24%)
     
  • FTSE

    6.953,23
    -72,20 (-1,03%)
     
  • HANG SENG

    24.788,65
    -1.403,67 (-5,36%)
     
  • NIKKEI

    27.970,22
    +136,93 (+0,49%)
     
  • NASDAQ

    15.069,75
    -48,00 (-0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1014
    -0,0089 (-0,15%)
     

Facebook se recusa a negociar acordo de licenciamento de conteúdo com jornal da Austrália

·1 minuto de leitura
Facebook se recusa a negociar acordo de licenciamento de conteúdo com jornal da Austrália
Facebook se recusa a negociar acordo de licenciamento de conteúdo com jornal da Austrália

A briga entre Facebook e Austrália teve uma trégua, mas parece que ainda não chegou ao fim. A rede social teria se recusado a fazer um acordo de licenciamento de conteúdo com a The Conversation, plataforma de jornalismo online sem fins lucrativos. Uma nova lei australiana possibilita que as empresas de mídia cobrem das Big Techs por conteúdo publicado nessas plataformas.

Para a Reuters, a The Conversation disse que fechou um acordo com o Google e tentou negociar com o Facebook, que não aceitou abrir conversas. A legislação australiana exige o acordo de fornecimento de conteúdo entre redes sociais e empresas de mídia. As duas gigantes da internet chegaram a ameaçar deixar o país, mas se acertaram com as autoridades.

Facebook X Austrália

No entanto, a recusa do Facebook tende a levar a situação novamente para os tribunais da Austrália. Em comunicado para a Reuters, um representante da rede social disse que a empresa está “focada em fechar acordos comerciais com uma série de editoras australianas”.

Leia também!

Rod Sims, presidente da Comissão Australiana de Concorrência e Consumidores (ACCC), explicou que “Se a Google fez um acordo com eles, não vejo como é que a Facebook poderá argumentar em sentido contrário”.

Na Austrália, após uma longa batalha, o Facebook acabou cedendo em partes e aceitou pagar por notícias. Em troca, as autoridades cederam e aprovaram uma lei mais branda. No total, links jornalísticos ficaram bloqueados pelo Facebook por cerca de um mês no local.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos