Mercado fechará em 2 h 11 min
  • BOVESPA

    119.753,95
    -308,04 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.938,81
    +71,19 (+0,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,43
    +0,08 (+0,13%)
     
  • OURO

    1.780,70
    -12,40 (-0,69%)
     
  • BTC-USD

    54.058,25
    -1.794,69 (-3,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.265,90
    +22,85 (+1,84%)
     
  • S&P500

    4.140,80
    -32,62 (-0,78%)
     
  • DOW JONES

    33.835,98
    -301,33 (-0,88%)
     
  • FTSE

    6.938,24
    +42,95 (+0,62%)
     
  • HANG SENG

    28.755,34
    +133,42 (+0,47%)
     
  • NIKKEI

    29.188,17
    +679,62 (+2,38%)
     
  • NASDAQ

    13.818,50
    -100,75 (-0,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5699
    -0,1321 (-1,97%)
     

Facebook não vai notificar usuários por vazamento de dados de mais de 500 milhões

Elizabeth Culliford
·1 minuto de leitura
.

Por Elizabeth Culliford

SÃO FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - O Facebook não vai notificar mais de meio bilhão de usuários que tiveram vazadas suas informações pessoais na rede social antes de 2019, afirmou um porta-voz da companhia nesta quarta-feira.

A Business Insider publicou na semana passada que números de telefone e outros detalhes de usuários da rede social foram incluídos por terceiros num banco de dados disponibilizado na internet. O Facebook afirmou na terça-feira que "agentes maliciosos" tiveram acesso aos dados anteriores a setembro de 2019 ao explorarem uma vulnerabilidade na ferramenta de sincronização de contatos da plataforma.

O porta-voz do Facebook afirmou que a companhia não tem certeza de ter total visibilidade sobre quais usuários poderiam ser notificados do vazamento de dados. Ele afirmou que a empresa também leva em consideração que os usuários não podem resolver o problema e que os dados foram disponibilizados de forma pública. A empresa também afirmou que resolveu a vulnerabilidade depois de identificar o problema na ocasião.

As informações vazadas não incluem dados financeiros, de saúde ou senhas, afirmou o Facebook. Entretanto, os dados coletados podem ser úteis nas mãos de hackers.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447753))

REUTERS AAJ AAP