Mercado abrirá em 4 h 56 min
  • BOVESPA

    122.964,01
    +1.054,98 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.655,29
    -211,86 (-0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,89
    +0,61 (+0,93%)
     
  • OURO

    1.834,10
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    57.173,86
    +1.411,54 (+2,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.550,01
    +1.307,33 (+538,71%)
     
  • S&P500

    4.152,10
    -36,33 (-0,87%)
     
  • DOW JONES

    34.269,16
    -473,66 (-1,36%)
     
  • FTSE

    6.997,89
    +49,90 (+0,72%)
     
  • HANG SENG

    28.202,32
    +188,51 (+0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.147,51
    -461,08 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    13.322,50
    -23,50 (-0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3379
    -0,0075 (-0,12%)
     

Facebook impulsiona S&P 500 a recorde de fechamento

Noel Randewich e Shivani Kumaresan
·2 minuto de leitura
Placa com sinalização de Wall Street. 09/03/2020. REUTERS/Carlo Allegri

Por Noel Randewich e Shivani Kumaresan

(Reuters) - O índice S&P 500 fechou em máxima recorde nesta quinta-feira, impulsionado por ganhos nas ações do Facebook após seu forte relatório de lucros, enquanto os papéis da Amazon avançavam na sessão estendida, após a divulgação de seu balanço trimestral.

As ações do Facebook Inc tiveram um rali de 7,3%, para uma máxima recorde, após a maior rede social do mundo superar expectativas do mercado de receita e lucros trimestrais ao divulgar na quarta-feira seu balanço.

A alta das ações foi a maior em cinco meses e contribuiu facilmente para os ganhos nos índices S&P 500 e Nasdaq.

O segmento de serviços de comunicação liderou o desempenho positivo entre os 11 setores do S&P 500, em alta de 2,75%, impulsionado por Facebook e Alphabet.

As ações da Apple Inc tiveram leve queda de 0,07%, apesar de a companhia ter reportado na quarta-feira vendas e lucro acima das estimativas de Wall Street, com forte comercialização de iPhones e Macs.

"Os investidores estão realmente buscando resultados significativamente grandes e também guidances bem melhores à medida que olham para os próximos trimestres", disse Greg Bassuk, presidente executivo da AXS Investments. "Acreditamos que já existe muito otimismo no mercado e estamos alertando investidores para que esperem uma volatilidade significativa."

No pós-mercado, a Amazon avançava 3%, após reportar vendas trimestrais que superaram as expectativas de analistas, já que a gigante do comércio eletrônico continuou a se beneficiar do "boom" de compras online impulsionadas pela pandemia da Covid-19.

Das 265 empresas no S&P 500 que divulgaram resultados até o momento, 87% superaram as estimativas de lucros dos analistas, com dados da Refinitiv IBES agora prevendo um salto de 45% nos lucros.

O crescimento econômico dos EUA acelerou no primeiro trimestre, turbinado por ajuda maciça do governo para famílias e empresas, enquanto um relatório do mercado de trabalho mostrou 553 mil solicitações de seguro-desemprego na semana passada, abaixo das 566 mil no período anterior.

O índice Dow Jones subiu 0,71%, a 34.060 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,67628%, a 4.211 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,22%, a 14.083 pontos.