Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    36.105,14
    -427,26 (-1,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Facebook faz parcerias para que vacinas alcancem comunidades carentes

·2 minuto de leitura
Facebook faz parcerias para que vacinas alcancem comunidades carentes
Facebook faz parcerias para que vacinas alcancem comunidades carentes

O Facebook anunciou na última quarta-feira (9) uma parceria com a farmacêutica Merk com o objetivo de potencializar o alcance de vacinas em comunidades carentes. Ambas comprometerão US$ 20 milhões de seu orçamento pela causa, que se desenvolverá de forma plurianual e que, por ora, não terá prazo para terminar.

Chamada de Alliance for Advancing Health Online, a aliança está criando um fundo que concederá subsídios para “pesquisadores e organizações que estão explorando a melhor forma de usar a ciência comportamental, as mídias sociais e as plataformas digitais para construir confiança e acesso às vacinas”, explicou o chefe de saúde do Facebook, Kang-Xing Jin, no blog da empresa.

Segundo o site CNET, a iniciativa conta ainda com outros parceiros, são eles: Banco Mundial, Bay Area Global Health Alliance, CDC Foundation, MIT Initiative on the Digital Economy, Organização Mundial da Saúde (OMS), Sabin Vaccine Institute e o Vaccine Confidence Project na London School of Hygiene and Tropical Medicine.

Facebook faz parcerias para que vacinas alcancem comunidades carentes. Imagem: Shutterstock
Facebook faz parcerias para que vacinas alcancem comunidades carentes. Imagem: Shutterstock

Leia mais!

O Facebook é uma das redes sociais que tem lutado contra a desinformação a respeito das vacinas contra a Covid-19, adicionando estratégias e ferramentas dentro da própria plataforma como, por exemplo, direcionar as pessoas a fontes mais confiáveis quando acessam publicações sobre o assunto.

“Esta nova iniciativa visa promover a compreensão pública de como a mídia social e as ciências comportamentais podem ser alavancadas para melhorar a saúde das comunidades em todo o mundo”, acrescentou Jin.

De acordo com a Reuters e dados do Our World in Data Project da Universidade de Oxford, ao menos 199 países já estão se vacinando contra a Covid-19 e 2,2 bilhões de doses de vacina já foram administradas em todo o mundo. No entanto, países desenvolvidos têm maior acesso às vacinas e pelo menos 52% dessa população que recebeu a dose fazem parte de países que possuem uma média de renda superior.

Ao mesmo tempo, devido a desinformação, muitas pessoas ainda hesitam em receber a dose. Em março, o Facebook divulgou uma pesquisa junto a Carnegie Mellon University e a University of Maryland que apontou que 23% dos adultos norte-americanos têm medo de tomar os imunizantes contra o vírus.

Com isso, o Facebook ressalta a importância das medidas para combate a desinformação, além da abordagem de forma científica sobre os possíveis efeitos colaterais.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos