Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    60.280,56
    +1.250,59 (+2,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Facebook F8 volta em 2021, mas online e em novo formato

Alveni Lisboa
·3 minuto de leitura

Após o cancelamento da edição 2020, o Facebook trará de volta a conferência F8 neste ano. O evento voltado para desenvolvedores será virtual e está programado para ocorrer no dia 2 de junho, com apenas um dia de duração. A conferência terá um novo formato e passará a se chamar F8 Refresh.

Embora a conferência tenha crescido em tamanho e escopo ao longo dos anos — o último evento presencial contou com mais de 5 mil participantes, além de convidados e palestrantes —, a expectativa é que o evento deste ano seja menor em número de palestras. Por outro lado, em razão do isolamento social e da facilidade de acesso via internet, a conferência pode bater recorde de público. Sem os custos de uma viagem, mais desenvolvedores podem se interessar em saber as novidades da maior rede social do mundo.

(Imagem: Divulgação/Facebook)
(Imagem: Divulgação/Facebook)

Este ano será a primeira vez que não haverá nenhuma palestra de Mark Zuckerberg. Em vez do CEO e fundador, o Facebook será representado por Konstantinos Papamiltiadis, Vice Presidente de Parcerias, o qual fará a abertura e trará atualizações sobre novos lançamentos para a plataforma.

“F8 sempre reuniu uma comunidade incrível de pessoas que estão construindo, inovando e querendo saber o que vem por aí. No último ano, nossa comunidade de desenvolvedores permitiu o crescimento de empresas de todos os tamanhos para se adaptar a um mundo mudado, acelerando sua transformação digital. Por isso, queremos trazer o F8 de volta às suas raízes: um lugar para celebrar, inspirar e ajudar os desenvolvedores a crescer”, observou Papamiltiadis em uma postagem, segundo o site TechCrunch.

Programação ainda é mistério

A expectativa fica por conta da programação do evento, que ainda não foi divulgada. Há, contudo, muita especulação sobre os temas que a plataforma pode abordar em junho, como a ameaça de concorrentes (TikTok e Clubhouse, por exemplo), a disseminação de notícias falsas, os investimentos para continuar crescendo em países em desenvolvimento ou a diversificação nas fontes de receita além da publicidade — que pode cair quando entrar em vigor as regras do iOS 14.5.

(Imagem: Reprodução/Anthony Quintano /Wikipedia)
(Imagem: Reprodução/Anthony Quintano /Wikipedia)

A F8 (lê-se Fate, que significa “destino” em inglês) é realizada desde 2007 pela rede social. No ano passado, em decorrência da pandemia da COVID-19, o evento foi cancelado. O momento é utilizado pela empresa para anunciar novos serviços, situar os desenvolvedores sobre aprimoramentos técnicos e trazer balanços financeiros. Foi em uma F8 que o Facebook anunciou o desenvolvimento de tecnologias em realidade virtual, após a compra do Óculus Rift, por exemplo.

Para uma empresa tão influente no mundo, um evento autoral como este é importante. Neste ano, contudo, o foco deve ser mais modesto e compatível com o cenário caótico da vida social e econômica mundial. Possivelmente, a decisão mais acertada do Facebook seria voltar a atenção para ajudar seus desenvolvedores em dificuldade e em desenvolver funcionalidades que ajudem as pessoas durante a pandemia.

A inscrição para a F8 Refresh 2021 já está disponível. Os interessados aguardar a confirmação e o envio de mais detalhes pelo Facebook.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: