Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    58.675,93
    +1.527,87 (+2,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Facebook e Spotify se reúnem para permitir ouvir música na rede social

·1 minuto de leitura
Facebook está expandindo sua parceria com o Spotify

O Facebook está expandindo sua parceria com o Spotify para criar um mecanismo de escuta de músicas completas na rede social, que recentemente tem voltado sua atenção para ofertas de áudio.

A partir da segunda-feira (26) em 27 mercados, incluindo o dos Estados Unidos, os assinantes pagantes do Spotify poderão ouvir seu conteúdo de áudio - incluindo faixas de música completas e podcasts - a partir do Facebook, usando um miniplayer para permitir a rolagem contínua no aplicativo da rede.

O Facebook chamou a mudança de "próximo passo natural" em seu relacionamento com o Spotify. Em 2019, as empresas fizeram um acordo para permitir que clipes curtos de música do Spotify fossem postados nos stories do Facebook.

O anúncio foi feito uma semana depois que o Facebook anunciou que estava adicionando podcasts e "salas de áudio ao vivo", já que enfrenta a concorrência do aplicativo baseado em áudio chamado Clubhouse, que está em rápido crescimento.

Mais de 170 milhões de pessoas estão conectadas a páginas do Facebook centradas em podcasts, e cerca de 35 milhões de usuários são membros de grupos de fãs de podcast, mas antes de agora para se ouvir algum exigia-se sair da rede social.

O Facebook também planejou começar a testar Live Audio Rooms e espera que o recurso esteja disponível para todos os usuários até o meio deste ano.

bur-mdo/cl/bn/mvv