Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,82 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,44 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,44
    +0,68 (+0,81%)
     
  • OURO

    1.794,30
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    61.857,40
    +667,39 (+1,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,70 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,92 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    28.624,85
    -180,00 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.325,00
    -16,00 (-0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5764
    -0,0044 (-0,07%)
     

Facebook e Instagram voltam a funcionar após apagão de 6h

·2 minuto de leitura
ANKARA, TURKEY - OCTOBER 4: In this photo illustration the logos of social media applications
ANKARA, TURKEY - OCTOBER 4: In this photo illustration the logos of social media applications "Instagram, Facebook and WhatsApp" are displayed on a smart phone screen in Ankara, Turkey on October 4, 2021. Facebook and its Instagram and WhatsApp services have all gone down on Monday in what marks an apparent worldwide outage for many users. (Photo by Ercin Erturk/Anadolu Agency via Getty Images)
  • Plataformas ficaram sem funcionamento na tarde desta segunda-feira;

  • O Whatsapp, porém, segue sem funcionamento normalizado;

  • Facebook 'fora do ar' pode ter prejuízo de R$1,2 milhão por minuto.

Instagram e Facebook começaram a retomar o funcionamento após cerca de 6 horas de apagão das redes sociais nesta segunda-feira (4). O Whatsapp, porém, segue sem funcionamento, e usuários já reclamam de prejuízos e outro problemas por falta de comunicação online.

Pouco antes, por volta das 17h, o Facebook disse que problemas com a rede causavam a falha de acesso. A empresa é dona dos três serviços. A mensagem foi postada no Twitter pelo diretor de tecnologia da empresa, Mike Schroepfer, que não informou o que causou essa falha. 

Leia também:

O quatro de outubro de 2021 será lembrado como o dia que os serviços de Mark Zuckerberg - WhatsApp, Instagram e Facebook - pararam de funcionar. Os aplicativos do Telegram (uma alternativa ao WhatsApp) e do Nubank, entre outras ferramentas, também passaram por instabilidade.

Facebook 'fora do ar' pode ter perda de R$1,2 milhão por minuto

A instabilidade global das redes sociais nesta segunda-feira pode gerar prejuízo para uma das gigantes plataformas de Mark Zuckerberg. Com um faturamento diário de 1,7 bilhão de reais, o Facebook corre o risco de perder receita de 72,3 milhões de reais por hora, ou 1,2 milhão de reais por minuto ao ter seus serviços digitais fora do ar.

A empresa se pronunciou, através do Twitter, sobre a instabilidade do aplicativo. "Estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo problemas para acessar nossos aplicativos e produtos. Estamos trabalhando para voltar ao normal o mais rápido possível e pedimos desculpas por qualquer inconveniente", postou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos