Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.259,49
    -831,51 (-0,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.579,10
    -329,10 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,46
    -0,69 (-0,96%)
     
  • OURO

    1.822,70
    -38,70 (-2,08%)
     
  • BTC-USD

    38.700,71
    -1.418,85 (-3,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    961,89
    -30,58 (-3,08%)
     
  • S&P500

    4.223,70
    -22,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.033,67
    -265,63 (-0,77%)
     
  • FTSE

    7.184,95
    +12,47 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.314,69
    -122,15 (-0,43%)
     
  • NIKKEI

    28.956,84
    -334,17 (-1,14%)
     
  • NASDAQ

    13.907,25
    -74,00 (-0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0750
    +0,0130 (+0,21%)
     

Facebook e Instagram lançam ferramentas para celebrar mês do Orgulho LGBTIQ+

·2 minuto de leitura

Junho é considerado o mês de celebração do Orgulho LGBTQI+, por isso o Instagram e o Facebook se juntaram para lançar ferramentas que ofereçam novas formas de se comunicar à toda comunidade. A meta é incentivar o compartilhamento do orgulho em se aceitar e dar mais visibilidade para grupos que precisam lidar diariamente com o preconceito.

Nos Stories do Instagram, já está disponível um novo pacote de adesivos chamado Pride, com seis novos designs criados por artistas consagrados da comunidade LGBTQI+. As figurinhas buscam trazer mais alegria, cores e inclusão para a plataforma como forma de representar a diversidade dessa população ainda tão discriminada.

Instagram ajuda a celebrar o Orgulho LGBTQI+ com as figurinhas (Imagem: Divulgação/Instagram)
Instagram ajuda a celebrar o Orgulho LGBTQI+ com as figurinhas (Imagem: Divulgação/Instagram)

A plataforma vai identificar as hashtags mais populares usadas pela comunidade para tornar mais fácil o compartilhamento de posts segmentados. Além disso, trará de volta as hashtags de arco-íris para o Feed (aparece em um gradiente com as sete cores) e Stories (contorno colorido durante 24 horas na foto do perfil). Esses efeitos também serão reproduzidos quando alguém usar um dos novos stickers Pride.

Para se ter uma ideia: só no Instagram, são mais de 2,5 milhões de contas que utilizam o emoji de arco-íris na biografia, como forma de mostrar seu apoio à causa. Com as novas adições, a expectativa é que haja um aumento considerável no apoio à causa.

Entre os artistas, está o ilustrador carioca Leandro Assis (@lebassis), responsável por dois dos novos adesivos, inspirados na comunidade queer negra. Segundo ele, o objetivo é inspirar as pessoas por meio das imagens para dar-lhes a coragem de expressar seus sentimentos.

Facebook mudou até a logo

O aplicativo do Facebook para celulares fez uma parceria com a artista Jasmina El Bouamraoui (EL BOUM) para criar o logotipo na versão do Orgulho LGBTQI+. Com movimento, cores vibrantes e texturas diversas, a logomarca se destaca em meio ao visual tradicional da rede.

A maior rede social do mundo também terá animações diferenciadas para quem escolher usar filtros inspirados na bandeira do arco-íris ou na bandeira trans na parte superior das publicações compartilhadas.

Assim como no Insta, o Feed do Facebook será completamente adaptado para incorporar a hashtag #Pride, que vai mostrar conteúdo relacionado durante todo o mês de junho. Os usuários poderão usar, ainda, avatares com o tema do Orgulho, novos planos de fundo para publicações, além de figurinhas para o Feed de Notícias e Stories e temas de bate-papo no Messenger.

Segundo a companhia, esse movimento é uma alternativa para dar visibilidade à causa durante este delicado momento de isolamento social, no qual as pessoas não podem sair às ruas. A ideia é permitir que toda população LGBTQI+ e seus apoiadores possam se apoiar uns nos outros e compartilhar experiências positivas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos