Mercado fechará em 3 h 34 min
  • BOVESPA

    113.735,33
    -1.327,21 (-1,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,39
    -0,22 (-0,30%)
     
  • OURO

    1.754,40
    -40,40 (-2,25%)
     
  • BTC-USD

    48.065,28
    -231,94 (-0,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.234,97
    +1,69 (+0,14%)
     
  • S&P500

    4.458,79
    -21,91 (-0,49%)
     
  • DOW JONES

    34.674,34
    -140,05 (-0,40%)
     
  • FTSE

    7.027,48
    +10,99 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    -365,36 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    30.323,34
    -188,37 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.433,75
    -70,25 (-0,45%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1857
    -0,0103 (-0,17%)
     

Facebook e Google se unem em projeto de cabo submarino que liga países asiáticos

·1 minuto de leitura

Japão, Taiwan, Guam, Filipinas, Indonésia e Singapura devem ser conectadas por um novo cabo Submarino, chamado de Apricot, até 2024. O sistema, com 12 mil quilômetros de extensão, terá participação de Facebook e Google e seu objetivo é servir a região em sua demanda crescente por acesso de banda larga e conectividade móvel 5G.

A capacidade inicial da rede é de 190 Tbps (terabits por segundo), de acordo com o Facebook. Em março, as companhias já haviam anunciado os cabos submarinos Bifrost e Echo para conectar Singapura à costa oeste dos EUA. Echo e Apricot são sistemas complementares e, segundo o Google, devem aprimorar a resiliência da Google Cloud e de seus outros serviços digitais.

Imagem: Reprodução/Envato/Mint_Images
Imagem: Reprodução/Envato/Mint_Images

As empresas têm investido em infraestrutura de internet em regiões com grande potencial de crescimento. Juntas, elas já instalaram milhares de quilômetros de cabos submarinos e pretendem instalar ainda mais. No ano passado, o Google investiu US$ 10 bilhões para ajudar o esforço de digitalização da Índia nos próximos cinco a sete anos.

Além disso, em junho, o Google anunciou um cabo que vai ligar a costa leste dos EUA e a Argentina. Ao longo de 2020 e no início de 2021, Google e Facebook descartaram projetos que ligam os EUA a Hong Kong em razão de pressão política do governo americano, que aponta preocupações de segurança.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos