Mercado abrirá em 5 horas 1 minuto
  • BOVESPA

    122.937,87
    +1.057,05 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.371,98
    +152,72 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,86
    +0,59 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.870,20
    +2,60 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    45.227,50
    +219,25 (+0,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.255,48
    +57,56 (+4,81%)
     
  • S&P500

    4.163,29
    -10,56 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.327,79
    -54,34 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.076,41
    +43,56 (+0,62%)
     
  • HANG SENG

    28.562,86
    +368,77 (+1,31%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.419,75
    +116,25 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4277
    +0,0178 (+0,28%)
     

Facebook decide se mantém Donald Trump banido da rede social nesta quarta (5)

Felipe Gugelmin
·2 minuto de leitura

O Comitê de Supervisão do Facebook vai anunciar às 10 da manhã (no horário de Brasília) da próxima quarta-feira (5) o destino das contas que Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos, mantinha na plataforma. Em janeiro deste ano, a rede social instituiu um banimento com duração indefinida dos perfis do político, que também teve seu acesso bloqueado em serviços como Instagram e Twitter.

Segundo o Comitê informou à CNN, mais de 9 mil pedidos públicos foram enviados ao Facebook cobrando por um posicionamento sobre a situação de Trump. A suspensão ocorreu após a invasão do Capitólio dos Estados Unidos, ocorrida no dia 6 de janeiro deste ano, que resultou em prisões e mortes. A decisão final caberá a um grupo independente formado por 20 pessoas — que poderá, inclusive, reverter a decisão inicial da rede social.

Imagem: Reprodução/Joyce N. Boghosian - Fotos Públicas
Imagem: Reprodução/Joyce N. Boghosian - Fotos Públicas

Durante o anúncio do banimento, o CEO Mark Zuckerberg afirmou que a decisão foi motivada pela crença de que era muito perigoso deixar o ex-presidente continuar a usar a rede social naquele momento. Na época, o executivo afirmou que era necessário deixar a decisão nas mãos do comitê independente devido à significância que ela poderia trazer.

Recentemente, o Facebook deu indícios de que não somente Trump, mas também materiais relacionados a ele, estão banidos da plataforma. Recentemente, sua nora Lara Trump publicou trechos de uma antiga entrevista que foi removida logo em seguida pela equipe de moderação da rede social. No entanto, não está claro se o bloqueio vale para qualquer usuário da plataforma ou se abrange somente àqueles que pertencem ao circulo pessoal mais direto do ex-presidente.

O Comitê de Supervisão do Facebook vai decidir na próxima quarta-feira (5) o destino das contas de Donald Trump na plataforma. O político foi banido em janeiro deste ano após os ataques cometidos contra o Capitólio dos Estados Unidos, localizado na cidade de Washington

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: