Mercado fechará em 1 h 36 min
  • BOVESPA

    100.025,41
    -991,55 (-0,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    37.957,60
    -288,26 (-0,75%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,54
    +0,98 (+2,54%)
     
  • OURO

    1.911,60
    +5,90 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    13.622,45
    +515,22 (+3,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    270,61
    +9,32 (+3,57%)
     
  • S&P500

    3.400,20
    -0,77 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    27.570,67
    -114,71 (-0,41%)
     
  • FTSE

    5.728,99
    -63,02 (-1,09%)
     
  • HANG SENG

    24.787,19
    -131,59 (-0,53%)
     
  • NIKKEI

    23.485,80
    -8,54 (-0,04%)
     
  • NASDAQ

    11.565,75
    +73,50 (+0,64%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6973
    +0,0568 (+0,86%)
     

Facebook contrata advogado que tratava da lei de proteção de dados no governo

Talita Moreira
·1 minuto de leitura

José Ziebarth deixou o cargo de diretor de desburocratização do Ministério da Economia junto com os secretários Salim Mater (Desestatização) e Paulo Uebel (Gestão e Governo Digital) O Facebook contratou o advogado José Ziebarth como diretor de privacidade do grupo no Brasil, abrangendo as redes sociais Facebook, Instagram, WhatsApp e Oculus. O executivo se desligou no mês passado do cargo de diretor de desburocratização do Ministério da Economia, junto com os então secretários Salim Mattar (Desestatização) e Paulo Uebel (Gestão e Governo Digital). No governo, onde permaneceu por 20 meses, Ziebarth atuou nos preparativos para a adoção da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) pelo setor público. Especializado em concorrência e tecnologia, ele deixou o cargo alegando "razões pessoais". “Foi uma larga satisfação contribuir, ainda que de modo limitado, para a transformação digital do governo, para a reforma do Estado e para a implementação do regime de proteção de dados e privacidade no Brasil”, afirmou em mensagem na qual anunciou sua saída, na época.